A popularização do uso de smartphones trouxe consigo o aumento de ataques criminosos. Mas como manter a segurança dos dispositivos móveis? Será que existem mecanismos específicos que podem ser adotados pelos usuários desses aparelhos?

Com a pandemia e a intensificação do uso dos celulares para a realização de operações bancárias, aumentou também a ocorrência de golpes e ataques de cibercriminosos aos dispositivos móveis.

De acordo com pesquisa realizada pela Kaspersky, só em março de 2020, a ocorrência de ataques à dispositivos móveis cresceu 124%. Os ataques consistem, principalmente, no roubo de informações, como senhas e dados pessoais.

Este artigo foi criado pensando em você que realiza operações bancárias e financeiras no seu smartphone. Vamos mostrar quais são os principais problemas relacionados aos ataques de criminosos nesses aparelhos, com sugestões de como se prevenir e garantir a proteção do conteúdo deles.

Portanto, se você quer saber como evitar ataques ao seu celular, deve conferir as nossas dicas a seguir!

 

Use codificação na tela de bloqueio

Os usuários de smartphone já adotam a prática de incluir códigos para acesso ao sistema. Essa codificação geralmente é por senha, desenho-padrão, biometria ou identificação facial.

A dica aqui é que você utilize, pelo menos, duas identificações na sua tela de bloqueio. Ou seja, além da senha, opte por um código adicional.

Assim, em caso de furto, roubo ou extravio do seu aparelho, os riscos de uma pessoa má intencionada acessar aplicativos e informações bancárias é reduzido significativamente.

 

Cuidado com os links de origem desconhecida

Sabe aqueles links que você recebe via aplicativo de conversa, geralmente em grupos de família e amigos? É necessário ter muito cuidado com eles!

Links de origem desconhecida podem trazer consigo vírus, que são desenvolvidos especialmente para realizar o furto de dados dos usuários.

Dessa forma, a dica é que você jamais clique ou toque em links e abra arquivos sem antes ter certeza de que a sua origem é legítima. Caso tenha qualquer dúvida, evite acessá-los e exclua do seu dispositivo.

A mesma regra vale para o compartilhamento com outras pessoas. Se você não tem certeza da legitimidade daquele link, não passe adiante.

 

Evite redes wi-fi públicas

Apesar de muito utilizadas para acessar a internet, as redes wi-fi públicas não oferecem segurança para os usuários.

Dessa forma, qualquer criminoso ou pessoa mal-intencionada pode conectar-se à mesma rede e tentar, de alguma maneira, acessar indevidamente o seu smartphone.

Por isso, a dica é: sempre utilize conexão 3G, 4G ou VPNs ao enviar dados confidenciais.

Além disso, mantenha o bluetooth desativado quando não estiver em uso. Isso porque ele representa outro mecanismo de risco que pode favorecer tentativas de acesso indevido ao seu equipamento.

 

Instale softwares antivírus

Sempre que possível, instale software/aplicativos antivírus em seus dispositivos eletrônicos — computador, notebook, tablet e smartphone.

Esse tipo de solução é criado com o objetivo de identificar e remover imediatamente eventuais ameaças de furto a informações, coleta indevida de dados ou outras ações em seus equipamentos.

Além disso, depois de instalado, a sugestão é que o usuário faça uma varredura no sistema, pelo menos, a cada duas semanas. É um cuidado extra que pode trazer mais segurança durante o uso dos seus equipamentos.

 

Ative as configurações de rastreamento

No seu smartphone, é possível ativar as configurações de rastreamento. Assim, quando extraviado, furtado ou roubado, você consegue rastrear a localização, apagar e, até mesmo, bloquear o dispositivo remotamente.

O mesmo recurso pode ser ativado em outros dispositivos, como notebook e tablet. Para saber como configurar essa opção, é necessário verificar as orientações do fabricante.

 

Faça backup de dados

Outro cuidado fundamental diz respeito a realização de backup dos dados armazenados no seu smartphone.

Deixar conteúdo sigiloso salvo na memória do telefone pode ser arriscado. Por isso, use serviços de armazenamento na nuvem. Desse modo, você não os perde e minimiza o risco de acesso não autorizado de terceiros.

O backup deve ser feito periodicamente, a cada 30 ou 60 dias. O tempo entre os backups vai depender da quantidade de informações novas que são alimentadas no seu celular.

 

Não compartilhe suas senhas

Apesar de parecer óbvio, ainda encontramos relatos de pessoas que compartilharam dados pessoais com terceiros. Isso acontece porque muitos golpistas entram em contato, passando-se pelo banco ou pela instituição financeira.

Todavia, é incomum que uma empresa ou instituição financeira entre em contato solicitando informações privadas, como é o caso de senhas de acesso.

Nunca compartilhe sua senha de acesso de nenhum aplicativo, inclusive dados bancários do modalmais.

Outra dica importante para os nossos clientes: jamais repasse o SMS de ativação do seu modalToken no aplicativo ou o seu código gerado com qualquer pessoa.

O SMS e o código são informações pessoais e devem ser mantidos na posse exclusiva do cliente. 

 

Atente às ligações e aos contatos suspeitos

Por fim, outro cuidado que você deve tomar com o furto de suas informações pessoais é por meio das ligações telefônicas.

Esteja atento sempre que receber a ligação de atendentes de empresas, instituições financeiras e bancárias. Isso porque golpistas se passam por esses profissionais para roubar os seus dados.

Se você não estiver se sentido seguro com aquele contato, procure averiguar antes de dar andamento à qualquer solicitação.

Como você pôde ver, cresceu o número de invasões a smartphones, principalmente após a pandemia. Por isso, é fundamental buscar formas de se proteger das ações de criminosos, que podem coletar e usar as suas informações indevidamente.

O principal dano causado pela prática criminosa é financeiro, já que seus dados podem ser utilizados para a realização de transações, como compras online e movimentações bancárias.

Com as dicas sobre segurança dos dispositivos móveis que apresentamos no decorrer deste artigo, você consegue minimizar significativamente os riscos de acesso indevido. Lembre-se de ficar atento, usar o seu smartphone de forma cuidadosa e inteligente e ter muito cuidado com qualquer situação suspeita. Para evitar problemas, a melhor dica é a prevenção.

O modalmais se preocupa com a proteção de dados e informações dos seus clientes. Aproveite para conhecer nossos serviços e abra a sua conta!

 

Nova call to action