Esta quinta-feira começa com os investidores atentos principalmente aos balanços do primeiro trimestre divulgados nas últimas horas. Mas a Vale e as siderúrgicas também devem movimentar o mercado local, já que o minério de ferro rompeu a marca de US$ 200 a tonelada, fechando o dia em alta de 4,85%, a US$ 201,88/t no porto de Qingdao, na China.

No início de 2021, o analista Luca Valente anunciou a subida vertiginosa de preços de materiais básicos, como o minério de ferro ao comentar o novo superciclo das commodities. Desde então, ele vem recomendando uma estratégia de fundos de investimento para poder ganhar com essas altas. Saiba mais aqui.

Além disso, o mercado também deve reagir à decisão do Banco Central de elevar em 0,75 ponto percentual a taxa básica de juros (Selic), de 2,75% para 3,50% ao ano. A autoridade monetária, no comunicado sobre a decisão, dá sinais que mais um aumento deve ser feito na reunião marcada para junho.

Sobre os resultados, a Ambev teve lucro líquido ajustado de R$ 2,761 bilhões no primeiro trimestre de 2021, alta de 125% ante o mesmo período de 2020. No critério contábil, o lucro foi de R$ 2,733 bilhões, alta de 125,7%. O Ebitda ajustado alcançou R$ 5,327 bilhões, avanço de 26% em um ano.

O GPA, que controla as redes de supermercados Pão de Açúcar e Extra, registrou lucro líquido de R$ 113 milhões aos acionistas controladores entre janeiro e março. O resultado reverte prejuízo de R$ 246 milhões no período correspondente do ano passado. O Ebitda ajustado ficou em R$ 935 milhões, alta de 36% na comparação anual.

Outro resultado que melhorou em relação ao ano passado foi o da Braskem, que reverteu prejuízo de R$ 3,649 bilhões para lucro líquido de R$ 2,494 bilhões. Na comparação com o quarto trimestre do ano passado, houve melhora de 195%. O resultado operacional recorrente foi de R$ 6,943 bilhões, 54% superior ao final de 2020 e 444% maior na comparação anual, principalmente pelo câmbio mais favorável, segundo a companhia.

A operadora de telecomunicações TIM teve ganhos de R$ 277 milhões no primeiro trimestre deste ano, um aumento de 57,9% sobre igual período de 2020. O Ebitda somou R$ 2 bilhões, alta de 4,5% na comparação anual.

 

Ultrapar e Totvs

A Ultrapar, dona da rede de postos Ipiranga, apurou lucro líquido de R$ 137,44 milhões entre janeiro e março deste ano, uma queda de 19% na comparação com o mesmo período de 2020. O Ebitda ajustado atingiu R$ 996,3 milhões entre janeiro e março deste ano, avanço de 13% em relação ao registrado no mesmo período de 2020.

A Totvs teve lucro de R$ 80,645 milhões no primeiro trimestre, avanço de 31,1% em relação ao mesmo período de 2020. O Ebitda somou R$ 187,217 milhões, crescimento de 48% na relação anual. No critério ajustado, o indicador ficou em R$ 189,189 milhões, avanço de 49,1% em 12 meses.

 

Elétricas

O setor de energia elétrica também foi destaque ontem. A Companhia Paranaense de Energia (Copel) registrou no primeiro trimestre de 2021 lucro líquido de R$ 795,174 milhões, o que representa uma alta de 55,6% na comparação anual. O Ebitda no período ficou em R$ 1,303 bilhão, alta de 18,8% sobre janeiro a março de 2020.

A Transmissora Aliança de Energia Elétrica (Taesa) registrou crescimento de 42,1% no lucro líquido IFRS consolidado na comparação anual, passando de R$ 391,2 milhões para R$ 555,9 milhões. Segundo explica a companhia, os números refletem um aumento de 32% da receita operacional líquida, chegando a R$ 908,4 milhões, fruto da entrada em operação de empreendimentos e do impacto do IGP-M, indexador utilizado em cerca de dois terços da receita.

A Engie Brasil reportou lucro líquido de R$ 529 milhões no primeiro trimestre, alta de 3,3% ante os R$ 512 milhões registrados no mesmo período do ano passado. O Ebitda avançou 30,5%, para R$ 1,738 bilhão.

Já no noticiário fora dos balanços, a Sabesp anunciou que, após analisar os termos finais do leilão da concessão do Bloco 2 da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae), vencido pela Iguá Saneamento no último dia 30, decidiu não exercer a opção para integrar o consórcio.

O conselho de administração da Klabin aprovou a atualização da segunda etapa do Projeto Puma II, para a instalação de uma máquina de papel-cartão. A alteração demandará um investimento bruto adicional de R$ 2,6 bilhões.

 

Agenda Econômica

Além das reações ao aumento dos juros básicos pelo Banco Central, a agenda de indicadores está mais esvaziada nesta quinta. Destaque para o Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que subiu 1,6 ponto na passagem de março para abril, para 78,7 pontos. Em médias móveis trimestrais, o IAEmp caiu 1,6 ponto.

 

Por Equipe Eleven Financial