Neste último dia de abril, os mercados globais se movimentam principalmente por indicadores econômicos importantes. Dados preliminares mostram que o PIB da Zona do Euro caiu menos que o esperado no primeiro trimestre. Na China, o índice de gerentes de compras (PMI na sigla em inglês) industrial subiu de 50,6 em março para 51,9 em abril, atingindo o maior nível em quatro meses.

Por aqui, os balanços corporativos continuam no centro das atenções dos investidores. Na noite de ontem, destaque para o Fleury, com lucro líquido de R$ 118,6 milhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 102% em relação ao mesmo intervalo de 2020. O Ebitda chegou a R$ 285,5 milhões, aumento de 45,7%.

A Duratex teve lucro recorrente de R$ 222,4 milhões entre janeiro e março, com alta de 223,1%. A companhia somou Ebitda ajustado e recorrente de R$ 495,9 milhões, crescimento de 126,1% na comparação anual. A margem Ebitda avançou de 18,9% para 28%.

A transmissora de energia Isa CTEEP reportou lucro líquido regulatório de R$ 308,1 milhões no primeiro trimestre deste ano, praticamente estável em relação ao resultado apresentado um ano antes. Já o lucro pelo padrão IFRS aumentou 15% no período, para R$ 582,6 milhões. O Ebitda ficou em R$ 770,4 milhões, crescimento de 28,5% em base anual de comparação.

A locadora de automóveis Unidas apurou ganhos de R$ 219,5 milhões no primeiro trimestre, um salto de 175,9% em relação a igual período de 2020. O Ebitda somou R$ 528 milhões, avanço de 68,6% na mesma base de comparação.

Copel e Lojas Renner

As ofertas de ações também continuam movimentando o mercado. Segundo informações do Valor Econômico, o BNDESPar vai vender 50% de suas ações na paranaense Copel por meio de follow-on. Com a operação, o BNDES pretende levantar cerca de R$ 2 bilhões no mercado e a Copel deverá levantar R$ 1 bilhão em units. A expectativa é fazer a precificação na segunda quinzena de maio e viabilizar a operação em junho, afirmaram fontes.

A Lojas Renner determinou o preço por ação no valor de R$ 39 em seu follow-on, levantando R$ 3,978 bilhões. O preço representa um desconto de 6,85% em relação ao preço de fechamento de 15 de abril, antes da oferta ser anunciada, e de 2,42% em relação ao fechamento de ontem.

Atenção também para a Vale, já que hoje acontece a Assembleia Geral Ordinária (AGO) da companhia que vai escolher a nova composição do conselho de administração.

A B3 convocou assembleia de acionistas para deliberar sobre o desdobramento das ações da companhia, na razão de uma para três. A reunião será realizada no dia 10 de maio.

 

Agenda Econômica

O destaque da agenda de indicadores nesta sexta é a medição do desemprego pelo IBGE. Segundo o levantamento, o índice chegou a 14,4% no trimestre encerrado em fevereiro, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua). Em igual período de 2020, o desemprego estava em 11,6%.

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) avançou 4,1 pontos na passagem de março para abril, na série com ajuste sazonal, para 81,7 pontos, interrompendo uma sequência de três quedas consecutivas, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Por Equipe Eleven Financial