Esta terça-feira começa com os investidores de olho nos resultados das grandes empresas, especialmente da Vale. Ontem, a mineradora divulgou lucro líquido de US$ 5,546 bilhões nos três primeiros meses de 2021, mais de 23 vezes o valor apurado no mesmo período do ano passado.

O Ebitda ajustado cresceu 189,7% em um ano, para US$ 8,350 bilhões. Frente ao trimestre imediatamente anterior, o crescimento do indicador foi de 96,9%. Já a receita operacional líquida de vendas da mineradora foi de US$ 12,645 bilhões, avanço de 81,4% ante o primeiro trimestre de 2020.

Hoje pela manhã, a Embraer revelou sua prévia do primeiro trimestre, com a carteira de pedidos firmes (backlog) somando US$ 14,2 bilhões, praticamente estável (-1,4%) em relação a dezembro de 2020, quando estava em US$ 14,4 bilhões. Já na comparação com igual trimestre do ano passado, houve uma queda de 10,7%.

Outra empresa a divulgar prévias operacionais foi a Equatorial Energia, com crescimento de 4% no volume de energia distribuída no primeiro trimestre, na comparação anual. Entre os consumidores cativos, foi registrada alta de 2,3% no comparativo, e entre os livres, houve avanço de 15,3%.

A Smiles também anunciou seus números do primeiro trimestre, com lucro líquido de R$ 47,7 milhões, queda de 15,2% sobre o mesmo período do ano anterior. O Ebitda alcançou R$ 67,1 milhões, uma retração de 21,9% na comparação anual. A margem Ebitda foi de 44,5% no primeiro trimestre de 2021, ante 50,2% um ano antes.

 

CVC e Itaúsa

Segundo informações do Valor Econômico, acionistas da CVC ingressaram com pedido de arbitragem na B3 contra a empresa e ex-conselheiros de administração. Eles alegam terem sido prejudicados por problemas apresentados no passado, com indícios de fraudes e distorções, que induziram investidores ao erro e inflaram o preço dos papéis.

A holding Itaúsa fechou a aquisição de 10,20% do capital votante e 8,53% do capital total da Aegea Saneamento e Participações por R$ 1,3 bilhão. A empresa vai captar recursos no mercado para fazer este aporte.

Olho também nas concessionárias de infraestrutura. A EcoRodovias atualizou seus dados de tráfego semanais. Entre os dias 19 e 25 de abril, o movimento consolidado nas rodovias administradas subiu 52,2% ante o mesmo período de 2020. Levando em conta somente o total comparável, excluindo a Ecovias do Cerrado, a alta foi de 38,6%.

A CCR celebrou junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) um aditivo ao contrato de concessão do Aeroporto Internacional Tancredo Neves/Confins (MG). O objetivo é realizar um reequilíbrio financeiro na concessão.

 

Agenda Econômica

O destaque entre os indicadores econômicos nesta terça-feira é o IPCA-15, a prévia da inflação oficial. O indicador teve alta de 0,60% em abril, após ter avançado 0,93% em março, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com o resultado, o IPCA-15 acumulou um aumento de 2,82% no ano. A taxa em 12 meses ficou em 6,17%, maior variação para o período de um ano desde dezembro de 2016.

O Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado (INCC-M) fechou abril em 0,95%, ante 2% em março, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). Com esse resultado, o INCC-M acumula alta de 5,03% no ano e de 12,82% em 12 meses.

Por Equipe Eleven Financial