Esta quarta-feira começa agitada para os investidores aqui no Brasil e também no exterior. O governo dos Estados Unidos divulgou, nesta manhã, uma proposta de US$ 1,8 trilhão em investimentos em áreas como educação, saúde e cuidados infantis. Nomeado de “Plano das Famílias Americanas”, o pacote seria financiado, em parte, pelo aumento na carga tributária para os mais ricos, incluindo alta do imposto sobre de ganhos de capital a 39,6%.

A China planeja ajustar tarifas sobre importações e exportações de alguns produtos de aço e ferro. Em breve comunicado, o Ministério de Finanças chinês afirmou que o governo irá zerar as tarifas de importação sobre ferro gusa, aço bruto e matérias primas de aço reciclado e ferrocromo. A decisão pode ter reflexos nas ações de Vale e siderúrgicas, principalmente.

No noticiário corporativo, a atenção está voltada para a temporada de balanços. Ontem, a Petrobras soltou sua prévia, o relatório de produção e vendas. A estatal fechou o primeiro trimestre com produção comercial de petróleo e gás natural de 2,45 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), uma queda de 6% se comparada a igual período do ano passado. Em relação ao quarto trimestre de 2020, houve alta de 2,8%.

O Santander Brasil apresentou lucro líquido gerencial, que não considera ágio de aquisições, de R$ 4,012 bilhões entre janeiro e março, 4,1% maior que no mesmo período de 2020. A carteira de crédito ampliada encerrou março com R$ 497,566 bilhões, 2,9% menor que no final do ano passado. Na comparação anual, a carteira se expandiu em 7,4%.

A Cielo teve lucro de R$ 241,3 milhões no primeiro trimestre deste ano, valor 44,6% maior que o registrado no mesmo intervalo de 2020. Em relação aos últimos três meses de 2020, o resultado encolheu 19,1%. O Ebitda da Cielo somou R$ 613,5 milhões de janeiro a março, cifra 6,9% superior à registrada um ano antes. Em relação ao quarto trimestre de 2020, houve queda de 20,1%.

A Weg encerrou o primeiro trimestre de 2021 com lucro líquido de R$ 764,258 milhões, o que representa um crescimento de 73,7% na comparação anual. O Ebitda totalizou R$ 1,016 bilhão, uma alta de 64,2% ante o mesmo intervalo de 2020.

 

Cesp e Movida

Ainda entre os balanços, a Cesp registrou lucro de R$ 115,8 milhões no primeiro trimestre, mais que o dobro (115%) que os R$ 53,8 milhões reportados no mesmo período de 2020. O Ebitda somou R$ 445,48 milhões, o que correspondeu a uma alta anual de 44%. Pelo critério ajustado, o indicador recuou 16%, para R$ 282,39 milhões.

A Movida reportou lucro líquido ajustado de R$ 109,5 milhões no primeiro trimestre de 2021, quase o dobro (98,7%) do registrado um ano antes. O Ebitda ajustado alcançou R$ 304,5 milhões, alta de 35,3% sobre igual intervalo de 2020.

A Vamos Locação de Máquinas, Caminhões e Equipamentos teve lucro líquido de 73,2 milhões, o dobro comparado ao mesmo intervalo de 2020. O Ebitda somou R$ 204 milhões, um avanço de 47% na comparação anual.

 

Ofertas de ações

A Boa Safra Sementes estabeleceu o seu preço por ação para o seu IPO em R$ 9,90, no piso da faixa indicativa que ia até R$ 12,60. Com isso, a empresa movimenta quase R$ 400 milhões em sua oferta.

Agenda Econômica

O governo federal publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira a Medida Provisória 1.046, que dispõe sobre medidas trabalhistas para enfrentamento da pandemia da covid-19. Poderão ser adotadas medidas como antecipação de férias individuais, concessão de férias coletivas, e suspensão do recolhimento do FGTS dos funcionários por um período de quatro meses.

Hoje ainda será anunciado o Caged, com os números de criação de empregos formais no mês de março.
A confiança do consumidor subiu 4,3 pontos em abril ante março, na série com ajuste sazonal, segundo levantamento da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) cresceu a 72,5 pontos.

 

Por Equipe Eleven Financial