Os Exchange Traded Fund (ETFs) são fundos de índices negociados na Bolsa de Valores. Atualmente, existem oito ETFs de Renda Fixa e 20 de Renda Variável, e o PIBB11 é um deles.

Como toda modalidade de investimentos, é necessário entender o conceito, fundamentos e seu funcionamento antes de fazer uma aplicação. Isso garantirá um maior alinhamento entre suas expectativas e objetivos e o que esse produto pode proporcionar. Portanto, leia este artigo, pois nele mostraremos tudo o que é necessário saber antes de investir em PIBB11!

 

O que é PIBB11?

O PIBB11 é um fundo de índice, ou seja, um que tem a sua valorização atrelada a um indicador denominado de Brasil 50 (IBrX-50) — que é aplicado pela própria Bolsa de Valores brasileira para avaliar o desempenho das 50 ações mais relevantes do mercado.

Consequentemente, os papéis que compõem esse indicador são de empresas grandes e, muitas delas, dominadoras do seu próprio segmento, como a Vale, Ambev e Petrobras.

Assim como qualquer outro fundo de investimento, os fundos de índice têm administrador e gestor, sendo esse último o responsável por realizar as operações de compra e venda que compõem a carteira do fundo. Pela administração é cobrada uma taxa anual que incide diretamente sobre o preço da cota.

A taxa que incide sobre ETFs como o PIBB11 costuma ser inferior às taxas de fundos de investimentos que não têm suas cotas negociadas em Bolsa de Valores, sendo, em geral, de 1% ao ano. No caso do PIBB11, até dezembro de 2020, a taxa de administração do fundo não passava de 0,059% ao ano.

 

Como o PIBB11 funciona?

Entendido o conceito, vamos descobrir como esse ativo funciona. Da mesma forma que outros ETFs que são listados na B3 refletem o desempenho de seus respectivos índices, o PIBB11 baseia-se no IBrX-50 e logo, depende do desempenho das ações que o compõe. Vale lembrar que esse é um dos fundos mais negociados na Bolsa de Valores e um dos que possui o maior patrimônio.

 

Como investir em PIBB11?

Agora que você compreendeu o conceito e o funcionamento desse ativo, mostraremos pontos relevantes de se avaliar antes de investir em PIBB11. Continue lendo!

 

Pesquise sobre a liquidez

O primeiro passo é avaliar a liquidez. No mercado financeiro, a liquidez é compreendida como a capacidade que um ativo tem de ser convertido em recurso financeiro. Logo, quando há poucas pessoas negociando um ativo e, consequentemente, pouca oferta por ele, transformá-lo em recurso financeiro pode ser mais difícil, sendo considerado de pouca liquidez.

Ou seja, quando a liquidez é baixa, o investidor pode não conseguir entrar em uma operação ou sair pela falta de investidores na ponta contrária para comprar ou vender em determinado nível de preço.

O PIBB11 é um dos ETFs com maior liquidez da Bolsa de Valores brasileira. Quanto ao prazo de liquidação financeira dele, assim como o de ações, pode ser representado pela sigla D+2, ou seja, a partir do dia de execução da ordem contam-se mais dois dias de pregão.

 

Escolha uma boa corretora ou banco de investimentos

Outro ponto crucial é quanto à instituição intermediadora de suas operações. É importante que você ou, de preferência, em um banco de investimentos. Ela precisa oferecer uma boa plataforma de investimentos, que tenha estabilidade e proporcione toda a segurança que você precisa.

Além disso, vale a pena contar com uma instituição que forneça outros serviços, como pagamento de contas e um cartão de crédito com a possibilidade de entrada em um programa de pontos — assim como o modalmais rewards, que proporciona outros diversos benefícios.

 

Entenda a tributação

Entender a tributação que incide sobre o investimento nesse tipo de ativo é essencial antes de aplicar seus recursos, especialmente pelo fato de que não há a isenção do Imposto de Renda mesmo para vendas realizadas abaixo de R$ 20 mil dentro de um mês.

Nesses casos, a alíquota do IR será de 15% sobre o ganho de capital obtido no momento da venda. Ainda que se trate de um fundo, o recolhimento do tributo não é feito na modalidade de come-cotas, que reduz a quantidade de cotas que o investidor possui, como forma de retenção antecipada do Imposto de Renda devido.

Dessa forma, o próprio investidor tem a responsabilidade de emitir o Documento de Arrecadação da Receita Federal (DARF), preencher com o valor devido e executar o pagamento na rede bancária.

 

Tenha uma estratégia documentada

Outo ponto importante é possuir uma estratégia muito bem documentada para investir. Isso garantirá que você encontre os momentos ideais para entrar ou sair de uma operação, evitando cometer erros que possam gerar prejuízos.

Além de ter a estratégia documentada, é fundamental que você a siga rigorosamente, evitando distrair-se com outras que aparentam ser mais interessantes que a sua, mas que não foram testadas e documentadas por você como uma estratégia válida para seus objetivos.

 

Analise os resultados

Depois que seguir todos os passos e iniciar as suas aplicações, é necessário analisar os resultados e acompanhar sua aplicação.

Mesmo que você tenha uma estratégia de longo prazo, acompanhe seu investimento constantemente e verifique eventuais desvalorizações para, assim, decidir quanto a reduzir a posição ou aumentá-la caso identifique que há uma oportunidade de rentabilidade maior.

O mais interessante é que, atualmente, é possível acompanhar esses resultados de forma simples, utilizando apenas um computador com acesso à internet. Outro ponto que merece destaque sobre esse acompanhamento é a análise de um profissional.

Algumas corretoras ou bancos de investimentos disponibilizam analistas certificados pelos órgãos competentes para orientar os investidores sobre as melhores entradas. Esse auxilio é crucial, especialmente para os iniciantes ou quem não tem muito tempo para analisar o mercado diariamente.

Como você pôde perceber, o ETF PIBB11 é mais uma das oportunidades para rentabilizar capital, disponíveis no mercado financeiro, e também uma opção para quem deseja diversificar a sua carteira para obter boas rentabilidades e, principalmente, fracionar seus riscos, a fim de proteger o seu capital de eventuais oscilações bruscas no mercado.

Para ter acesso a essa e outras formas de investir, abra a sua conta no modalmais e veja todos os benefícios que o banco digital dos investidores pode proporcionar.