Blog do modalmais

Day Trade: o que é e como funciona [Guia Completo]


Como você pode imaginar, essa é uma modalidade altamente arriscada, que requer uma boa análise para realizar uma especulação assertiva. Por outro lado, se bem executado, o day trade permite alta rentabilidade.

Se você possui um perfil mais conservador ou está iniciando como investidor, considere as opções de renda fixa. São investimentos mais seguros, ainda que menos rentáveis. São também uma excelente porta de entrada para começar a investir.

Já quem possui algum investimento em renda fixa e deseja diversificar suas opções com investimento em ações (arriscando mais em busca de mais resultados), o day trade pode ser bastante interessante.

Aprenda nesse artigo tudo o que é preciso saber para começar a operar nesta modalidade, além das principais estratégias utilizadas pelos traders.

Boa leitura!

O que é Day Trade?

Você gosta de assistir filmes sobre a Bolsa de Valores? É possível que você já assistiu aquelas cenas onde os operadores estão comprando e vendendo ações enlouquecidamente, sempre de olho nos gráficos, para acompanhar a movimentação de seus ativos.

Para muita gente, essa é a cena clássica que vem à mente, quando se fala em Bolsa de Valores, compra e venda de ações e mercado financeiro.

Bem, a verdade é que qualquer pessoa pode operar dessa forma, ainda que seja uma modalidade de investimento altamente arriscada. E essa modalidade é a chamada day trade.

O day trade é uma modalidade de operação que consiste em abrir e fechar uma posição, ou seja, compra e venda de um título, dentro do mesmo dia.

Vamos imaginar que você separou uma parte do seu capital para operar day trade; fez um cadastro em uma corretora e acessou o home broker. Lá, você escolhe algumas ações e compra o equivalente a R$ 100.

Você deixa o home broker aberto e acompanha a movimentação dessas ações, segundo a segundo. Em 30 minutos (ou outro intervalo de tempo, no mesmo dia), você nota que a ação está valendo R$ 110, e avalia que o rendimento já é suficiente. Assim, resolve vender o título.

Neste período curto, você ganhou R$ 10 com a diferença entre a compra e a venda da ação. Isso é ótimo! Porém, existem observações importantes que devem ser levadas em conta: custos de corretagem e os impostos, por exemplo, que serão tratados aqui mais adiante.

O importante é entender que esses R$ 10 não representam o lucro da operação, mas a rentabilidade.

Como operar no day trade?

Já mencionamos isso antes, mas sempre é bom reforçar: day trade é um formato de operação de risco. Exige conhecimento, habilidade e, muito importante, controle emocional.

Então, antes de começar a operar day trade, é fundamental que você conheça seu perfil como investidor, quais seus objetivos a curto, médio e longo prazo, e o que é mais importante para você: segurança ou rentabilidade.

Uma vez feita essa autoanálise e decidindo que o day trade ainda é uma operação que cabe na sua estratégia, vamos entender como começar a operar nessa modalidade.

Se você não é familiarizado com o home broker, ou ainda não sabe analisar os dados apresentados durante o dia, para cada título, você precisa treinar bastante. É importante que você tenha segurança para lidar com essas operações de curto prazo.

Essa segurança é extremamente relevante, pois o day trade oferece ao investidor possibilidade de alavancagem.

A princípio, qualquer pessoa pode ser um Day Trader. Mas isso não quer dizer que é fácil. 

Este é um mercado extremamente competitivo, por isso, para ter sucesso você deve estudar muito, entender como funciona o Day Trade, desenvolver uma técnica específica, testar sua técnica em uma conta demo e só depois implementar essa estratégia no mercado real.  

Agora, considerando que você já está ciente do risco do day trade e que já tenha outros investimentos (além de uma reserva de emergência), vamos dar algumas dicas de como começar no day trade. Confira!

  • Escolha uma estratégia e se mantenha firme com ela. Com disciplina e paciência, você poderá testar e encontrar o melhor caminho para você. Não adianta tentar estratégias que outros recomendem pois, na realidade, isso não é receita de bolo. Então, foque em sua própria estratégia e vá em frente.
  • O day trade oferece uma funcionalidade chamada stop loss, que é literalmente um “pé no freio” para impedir você de continuar perdendo dinheiro. Sempre utilize esse recurso.
  • Vá com calma. Segundo especialistas, nunca devemos comprometer mais que 2% do capital em uma única operação. Para que o rendimento final seja interessante, especialmente no day trade – onde o volume de transações é muito alto –, procure fazer operações de baixo valor para que as perdas, se ocorrerem, sejam baixas.
  • Sextos sentidos não existem aqui. O controle emocional é muito relevante no day trade, pois é preciso se manter firme na estratégia e considerar os dados palpáveis para análise. Deixe os “achismos” de lado.
  • Não se emocione com a alavancagem. Essa é uma oportunidade de movimentar títulos com valores superiores ao seu capital real, mas não significa que você possa utilizar limites além do seu real poder de pagamento.
  • Por fim, não pare de estudar. Sempre esteja em busca de novas estratégias, acompanhe o que outros traders andam falando ou fazendo e avalie para ver se aquilo faz sentido para você. Novos testes poderão ser feitos e novas descobertas também. Então, não se acomode.

Não existe uma fórmula. Como qualquer profissão ou negócio, já vimos Day Traders que transformaram poucos reais em muitos milhões e até mesmo em bilhões de reais. Também já vimos traders que perderam tudo.  

Alavancagem no Day Trade

A alavancagem é a possibilidade de transacionar valores superiores ao seu capital real. Neste caso, você precisa somente de uma margem de garantia, representada por um valor percentual sobre o valor total transacionado.

Assim, você não paga o valor total das ações compradas, mas só o valor da diferença, caso encerre a operação no prejuízo.

Por isso, ainda que seja uma funcionalidade interessante, é bastante arriscada. Funciona semelhantemente ao uso indiscriminado de um cartão de crédito, se esquecendo que a fatura um dia vai chegar.

O que, por um lado, é uma ótima oportunidade para movimentar grandes valores, também há o risco de gastar mais do que você possui.

Tipos de operações no Day Trader

É bastante comum, quando falamos de day trade, pensarmos nos investimentos em ações. Porém, na Bolsa de Valores (no Brasil, temos somente uma, a B3), outros ativos podem ser negociados através dessa modalidade.

Os mais comuns são as ações, as moedas (como o dólar) e os índices, como o Ibovespa. Vamos entender melhor sobre cada um deles, a seguir:

Ações

Ações são partes de empresas que abrem o seu capital na Bolsa de Valores. Ao comprar uma ação, você se torna sócio daquela empresa, até a venda do título. No caso do day trade, esse processo é rápido.

Mas você pode comprar ações para outros objetivos, como o recebimento de dividendos (lucro), buscando rentabilizar com a ação à longo prazo.

Dólar

Outro ativo que você negociar no day trade é o dólar. É mais ou menos como uma “aposta”: você analisa a cotação e, se acreditar que ela tende a subir nas próximas horas, você investe.

Com a alta do dólar, você revende a moeda comprada. Diferentemente das casas de câmbio, você não compra o dólar, em papel, de verdade; você investe no potencial da moeda.

Índice

O mesmo acontece com o investimento em índices. Eles são negociados na Bolsa de Valores e você faz sua operação com base na análise pessoal, que deverá indicar o potencial de aumento ou queda da cotação.

Um índice muito negociado é o Ibovespa, ou Índice Bovespa, o principal indicador de desempenho das ações da Bolsa de Valores de São Paulo.

Minicontratos

Para começar fazer Day Trade com minicontratos, você precisará de pelo menos R$ 100 para fazer Day Trade de mini-índice (WIN) e de pelo menos R$ 150 para fazer Day Trade de minidólar (WDO). 

O objetivo de quem realiza operações de um Day Trade é obter lucro rápido com as oscilações de um determinado ativo dentro do mesmo dia. Mini-índice (WIN) e minidólar (WDO) costumam ser os ativos negociados na B3 que apresentam maiores oscilações ao longo de um dia de negociação. Por isso, são os ativos preferidos dos traders de sucesso.

Como ser um Day Trader de sucesso?

A seguir vamos falar o que determina o sucesso de um Day Trader.  

Um estudo conduzido pelo psicólogo americano Van K. Tharp, em conjunto com o Professor Hank Pruden, analisou durante 1 ano cerca de 300 traders de sucesso. 

Este estudo visava identificar quais fatores eram os responsáveis pelo sucesso destes 300 traders. Com isso,  identificou que o sucesso de um trader é derivado de: 

 

  1. 20% da técnica utilizada pelo Day Trader,  
  1. 40% derivado do controle de risco de seus trades 
  1. 40% de controle emocional 

 

Ou seja, o sucesso de um Day Trader NÃO depende somente de seus estudos e da técnica que ele utiliza. É preciso controlar as emoções e os impulsos. 

No estudo de Van K. Tharp foram analisados traders que utilizavam as mais diversas técnicas, desde análise técnica até mesmo astrologia! 

 

Importante: 

Não estamos dizendo para deixar a técnica de lado. Pelo contrário! 

A técnica deve servir para que o trader construa uma estratégia de trade objetiva e clara, que permita uma execução rápida e que auxilie na tomada de decisão, controle de risco e controle emocional. 

Por este motivo, os principais Day Traders do Brasil e do mundo utilizam Price Action, Tape Reading ou indicadores para ter pontos claros de entrada e saída de seus trades, determinando de forma clara o seu plano de trade. 

Outro ponto essencial no sucesso de um Day Trader é o que chamamos de “tempo de tela”. O tempo de tela nada mais é do que o tempo que você dedicou para os testes de sua estratégia na conta demo e posteriormente ao teste real, com dinheiro de verdade. 

Vale destacar que uma estratégia nunca está pronta e sempre pode/deve ser aperfeiçoada. 

 

O que é um plano de trade?  

Existe um ditado americano muito famoso que diz “Plan the trade and trade the plan”. Traduzindo: PLANEJE SEU TRADE E TRADE O SEU PLANO!  

Isso significa que você é o seu maior adversário no Day Trade. 

É muito difícil manter a disciplina quando se está fazendo Day Trade, pois no momento da operação, acontece uma descarga de adrenalina intensa no nosso corpo. 

Soma-se a isso o estado de euforia quando estamos ganhando e o estado de frustração e paralisia quando estamos perdendo. 

Por isso, NUNCA entre em um trade sem um plano. 

 

Um plano deve conter o resultado de sua análise e deve ter, no mínimo, os seguintes pontos: 

  1. Preço de entrada 
  1. Preço alvo 
  1. Preço do stop loss, que é a perda máxima que você estipulou para o seu trade 

 

Quais são os riscos, vantagens e desvantagens do day trade?

Como dizem no mercado financeiro, não se pode ganhar muito sem correr risco e por esse motivo vamos falar hoje sobre as vantagens e desvantagens no day trade. Confira!

Vantagens de fazer Day trade 

As principais vantagens de ser um Day Trader são: 

  • Ser seu próprio chefe 
  • Ter controle do seu tempo 
  • Trabalhar de qualquer lugar 
  • Não correr risco de gap de um dia para outro. Ou seja, ao iniciar e encerrar as operações no mesmo dia, você não será afetado por fatos que ocorrerem quando a bolsa estiver fechada. 
  • Alavancagem maior do que a alavancagem de swing trade 
  • Elevado potencial de lucro 

 

Riscos e desvantagens de fazer Day trade 

Os principais riscos e desvantagens de ser um Day Trader são: 

  • Por ser seu próprio chefe, ou seja, uma profissão solitária, é necessário ter muita disciplina para executar seu plano, seu gerenciamento de risco e manter o controle emocional. 
  • Elevado potencial de perdas em função da elevada alavancagem.  
  • Caso você não tenha dinheiro suficiente para garantias, não poderá manter seu trade aberto para o dia seguinte e transformá-lo num swing trade. 
  • Você precisará investir em um bom computador e uma boa internet. 

 

Estratégias de day trade para ganhar mais

Um trader de sucesso deve dominar as principais estratégias deste tipo de operação.

Para operar no day trade, alguns conhecimentos e habilidades são fundamentais. Com as estratégias corretas e o uso dos dados para a tomada de decisão, você pode reduzir seus riscos e ampliar as possibilidades de ganhos.

Abaixo, vamos trazer alguns desses conceitos, para que você os entenda melhor e saiba que existe um leque de estratégias operacionais que podem ser estudadas.

Scalper

Scalping é uma estratégia de day trade que envolve um grande volume de transações diárias, num curtíssimo espaço de tempo.

É comprar e vender títulos em minutos!

Por esse motivo, um scalper trader pode negociar entre 20-30 operações por dia. Para isso, claro, é preciso ficar 100% focado e dedicado na análise das movimentações, minuto a minuto.

Esse é aquele cenário de filme que comentamos acima, onde os corretores estão de olho nos gráficos e há muita ansiedade envolvida.

Dessa forma, essa é uma estratégia recomendada para investidores experientes, capazes de avaliar a tendência de movimentação dos ativos em um prazo tão curto.

Análise técnica

A análise técnica, ou análise gráfica, é uma metodologia de análise muito utilizada pelos traders.

Através de gráficos, o investidor pode acompanhar a movimentação das ações, tomando decisões com base nesses padrões visuais.

É a técnica de análise mais utilizada para prever se um preço vai subir ou cair. É utilizada para auxiliar o investidor se desfazer de sua posição rapidamente.

Por isso, se você deseja operar com day trade, é preciso dominar os padrões de candle. Os candles são marcações dos gráficos, que mostram:

  • se o ativo está em alta ou em baixa no período;
  • o preço do ativo no momento da abertura do pregão;
  • o preço do ativo no momento do fechamento do pregão;
  • os limites máximos e mínimos, conforme tendência prevista.

Tape reading

A estratégia de Tape Reading visa avaliar o fluxo de ordens fechadas, procurando tendências de mudanças nos preços, provocadas pelos grandes investidores.

Em resumo, avaliar quais são os movimentos que os investidores estão fazendo, e se inspirar neles. Uma forma de “seguir o fluxo”.

No entanto, essa não é considerada uma técnica de análise de investimento, já que você não baseia suas decisões sob o histórico de preços, mas pelo comportamento do mercado.

Stop loss

Já comentamos sobre essa funcionalidade, mas vamos explicar como ela funciona.

Em suma, com stop loss você limita um valor mínimo (ou máximo) para venda ou compra de determinado ativo, a fim de controlar seu risco.

Por exemplo: se você comprou uma ação a R$ 10, esperando vendê-la por um valor maior, é possível definir se você aceita perder no máximo 10%, caso a ação caia ao invés de subir.

Ao utilizar o stop loss, seu ativo será automaticamente vendido quando chegar a R$ 9. Assim, você mantém o controle do seu prejuízo, evitando perder mais dinheiro.

Alavancagem

Com a alavancagem, é possível movimentar valores superiores ao seu capital. Existem vários formatos de investimentos que aceitam esse recurso, que acaba sendo muito útil para quem sabe usá-lo com sabedoria.

Assim, o investidor precisa somente de uma margem de garantia (que pode ser seus valores investidos em renda fixa), um percentual que assegura a cobertura do prejuízo, caso ele aconteça.

Operar a descoberto

É muito comum pensarmos nas operações de compra e venda de ações. Ou seja: comprar por um valor mais baixo e vender por um mais alto, e ganhar nessa variação.

Porém, essa não é a única maneira de rentabilizar seus investimentos no day trade. Uma estratégia que pode ser utilizada é a operação a descoberto (ou vendido).

Você opera a descoberto quando vende uma ação (sem realmente possuí-la) para recomprá-la depois, por um valor menor. Ou seja: você vende quando a ação está em alta, e a compra de volta quando o valor cai.

Então, lembre-se que você não precisa apostar somente em títulos com potencial de crescimento. Também é possível ganhar dinheiro com os ativos em queda!

Simulador de day trade

Use um simulador de day trade para aprender a operar sem arriscar seu dinheiro real.

Você já jogou poker online? Uma boa forma de começar é usando moedas virtuais, que não possuem valor monetário real. Dessa forma, você aprende estratégias e desenvolve suas habilidades sem arriscar seu dinheiro.

No day trade, você também tem essa opção. Existem diversos simuladores que podem auxiliar no processo de aprendizagem.

Com um simulador, você executa ordens de compra e venda, analisa dados e toma suas decisões, como se estivesse operando de verdade. Porém, sem gastar nada para isso.

Essa, sem dúvida, é uma estratégia inteligente para ganhar alguma experiência com o home broker e com a metodologia deste formato de investimentos. Assim, você reduz seus riscos quando começar a operar pra valer!

Aqui, no modalmais, você pode abrir uma conta demo para testar todas as suas estratégias, e tem acesso a mais de 80 indicadores de análise técnica. Confira aqui o passo passo para acessar o Modo Simulador dentro do Modal Trader!

Como investir em day trade no modalmais

O modalmais tem taxa zero na corretagem e custódia em inúmeros produtos de investimentos, além de orientação profissional.

Para começar a operar day trade, você precisa ter uma conta em uma corretora. O modalmais oferece diferentes tipos de investimentos, taxa zero para aqueles de renda fixa e abertura de conta gratuita!

Além disso, oferece taxas reduzidas nas operações da Bolsa de Valores. Lembre-se que quanto menos custos nas transações, maior será seu lucro!

Então, para começar a investir, siga o passo a passo abaixo:

  • clique em Abra sua Conta e preencha o formulário inicial;
  • baixe o app do modalmais em seu celular para continuar o procedimento;
  • preencha as demais informações solicitadas e aguarde o período de avaliação dos dados. Você será informado por e-mail quando sua conta estiver liberada para acesso;
  • faça uma transferência da sua conta bancária para o Banco Modal. Você usará este dinheiro para investir, seja em renda fixa, seja em operações de day trade;
  • acesse a plataforma do modalmais e, antes de mais nada, use e abuse do simulador. Assim, você ficará mais seguro na hora de operar de verdade;
  • quando estiver preparado, dominando o home broker, comece a fazer suas negociações. Você também pode conhecer e contratar outras ferramentas auxiliares, disponíveis na plataforma, para complementar suas análises e apoiar suas decisões, se necessário.

A qualquer momento, você também pode utilizar o chat, disponível em horário comercial. Com ele, é possível receber orientações do suporte técnico e esclarecer quaisquer dúvidas!

Conclusão

Day trade é um tipo de operação de risco, recomendado para investidores mais experientes.

Day trade é uma operação de renda variável de alto risco, sendo recomendado para investidores experientes e com perfil mais arrojado.

Para operar nesta modalidade, é fundamental que o investidor tenha conhecimento sobre o mercado e saiba interpretar as análises técnicas, identificando tendências que orientem suas movimentações no mercado.

Além disso, é preciso dedicar um certo tempo à atividade: como o day trade abre e fecha a posição no mesmo dia, o trader deve ficar de olho nos gráficos e identificar o melhor momento de zerar sua posição.

Se você tem um perfil conservador, busque alternativas de investimentos mais seguros, como os produtos de renda fixa.

Se você gostou deste artigo e quer continuar recebendo dicas sobre investimentos, assine a nossa newsletter. Dessa forma, você será informado sempre que publicarmos um novo conteúdo.

Ainda não é Cliente? Abra a sua conta no Modal Banco Digital do Investidor

close

Seja notificado quando sair novos conteúdos.