O Tesouro Selic é um investimento de renda fixa. Ele costuma ser bastante recomendado, principalmente aos que procuram uma alternativa à poupança.

Esse ativo tende a oferecer rentabilidade mais atrativa do que a caderneta. Além disso, ele ainda pode ser adaptado para objetivos sob qualquer prazo.

Portanto, se você deseja fazer uma viagem de férias, comprar um automóvel ou planejar a sua aposentadoria, o Tesouro Selic pode ser uma boa alternativa.

Sem contar que o investimento inicial nesse ativo é baixo. Assim, é possível começar a investir mesmo com pouco dinheiro.

Diante de tantas vantagens, preparamos um guia completo com tudo que você precisa saber sobre o Tesouro Selic para fazer o seu patrimônio render mais a partir de hoje.

 

Veja o que você vai aprender:

 

  • O que é o Tesouro Selic?
  • Qual o rendimento mensal do Tesouro Selic?
  • Como funciona o investimento no Tesouro Selic
  • O que vale mais a pena: Tesouro Selic ou Poupança?
  • Calcule seu rendimento: simulador do Tesouro Selic
  • Outros títulos do Tesouro Direto
  • Como investir no Tesouro Direto com o modalmais

 

Boa leitura!

 

O que é o Tesouro Selic?

Esse ativo foi pensado para permitir que todos os públicos possam investir

Tesouro Selic

Ele consiste em um título pós-fixado emitido pelo Tesouro Nacional. Basicamente, trata-se de um empréstimo do seu dinheiro para o governo federal por determinado período.

Como retorno, você receberá uma taxa de juros que, por sua vez, corresponde à rentabilidade.

O capital investido no Tesouro Selic pode ser utilizado pelo governo federal para custeio de áreas importantes para o país, como educação, saúde e infraestrutura.

No passado, esse título era conhecido também como LFT, que correspondia a Letras Financeiras do Tesouro.

Características do Tesouro Selic

O Tesouro Selic é conhecido por ter fluxo de investimento simples. Isso significa que o processo de investimento consiste em uma aplicação e um resgate.

Então, você fará o seu dinheiro render mesmo com pouca experiência no mercado financeiro.

Além disso, o Tesouro Selic possui baixa volatilidade. Assim, o montante que você investiu é corrigido pela variação da taxa básica de juros brasileira (taxa Selic) do período.

Essa combinação entre o valor investido mais o rendimento é conhecida como valor de face. Ele é responsável por evitar retorno negativo.

Dessa forma, ao investir no Tesouro Selic, o seu dinheiro tenderá a render até o vencimento e o montante inicial é preservado.

Nos demais títulos do Tesouro Direto, é possível ter variações mais acentuadas no médio e longo prazos.

Nesse caso, os preços unitários (PUs) podem ser calculados com base nas expectativas dos investidores quanto aos juros brasileiros no futuro.

Geralmente, quando há previsão de subida de juros, o PU dos títulos diminui e o rendimento aumenta.

Por isso, é possível ter rendimentos bastante elevados ou negativos, caso seja realizada a venda antecipada do ativo.

No Tesouro Selic, essas variações são pequenas, o que o torna bastante previsível. Assim, se você resgatar antes da data do vencimento, não acarretará grandes perdas.

A previsibilidade de rendimentos faz com que o título seja bastante recomendado para objetivos de longo prazo, como a aposentadoria ou custeio do estudo dos filhos.
Quais os riscos do Tesouro Selic?

Esse título possui risco de crédito. Ele corresponde à falta de pagamento dos rendimentos prometidos ou falência do emissor.

Além disso, o Tesouro Selic não conta com a garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), como no CDB, LCI e poupança.

Ao mesmo tempo, o risco de falência do governo é menor do que o de qualquer instituição financeira no Brasil.

Em um cenário desses, todos os demais emissores de renda fixa quebram primeiro.

Por isso, não há necessidade da garantia do FGC, e o Tesouro Selic pode ser considerado como um investimento seguro para o seu dinheiro.

 

Qual o rendimento mensal do Tesouro Selic?

A sua rentabilidade anual corresponde a 100% da taxa Selic do período. Portanto, o rendimento mensal equivale à sua divisão pelos meses do ano.

Considere a taxa básica em 4,25% ao ano. Divida-a por 12 e o retorno bruto será de 0,354% por mês.

 

Como funciona o investimento no Tesouro Selic

Esse ativo costuma ter baixo custo ao investidor

Qual o rendimento do Tesouro Selic

Investir no Tesouro Selic pode ser uma tarefa bastante simples. Basicamente, ele é ofertado sob um único título.

Os demais ativo do Tesouro Direto costumam ter diversos vencimentos ou a opção de recebimento dos cupons de rendimentos semestrais.

Portanto, você pode investir no Tesouro Selic apenas com o conhecimento sobre como ele funciona.

Geralmente, o vencimento ocorre em torno de cinco anos. Depois disso, você as opções de resgatar o valor investido ou fazer o reinvestimento em um novo título.

Além dos pontos citados, você também deve considerar os fatores abaixo antes de adquirir o seu Tesouro Selic.
Aplicação mínima

O Tesouro Selic pode ser entendido como um investimento acessível a todos os públicos.

A aplicação inicial corresponde a 0,01 do valor total do título (PU), ou seja, menos de R$ 120,00.

O preço mínimo varia diariamente. Portanto, antes de investir no Tesouro Selic, vale verificar o seu preço neste link.

Rentabilidade

O rendimento do Tesouro Selic pode sofrer variações a cada 45 dias. Isso porque a taxa Selic é definida, neste período, através do Copom.

De forma geral, se a taxa básica de juros aumenta, a rentabilidade desse título também aumenta

Liquidez

O Tesouro Selic possui liquidez D+1. Isso significa que você pode convertê-lo em dinheiro rapidamente.

Ao solicitar o resgate do título, o próprio governo é o comprador. Então, o investidor não precisa se preocupar para quem e como vendê-lo.

Taxas e custos

O investimento em Tesouro Selic está sujeito à cobrança de impostos e taxas. Um deles é o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

Ele incide apenas sobre os rendimentos. A sua alíquota diminui diariamente até zerar no 30º dia de aplicação.

Portanto, se você solicitar o resgate nesse período, terá que pagar o IOF.

Há também o Imposto de Renda (IR). Ele é calculado sobre os rendimentos e a sua alíquota regressiva pode ser vista na tabela a seguir:

Prazo de investimentoAlíquota de IR (%)
Até 180 dias22,5
De 181 até 360 dias20,0
Entre 361 até 720 dias17,5
Acima de 721 dias15,0

Alíquota de Imposto de Renda para o Tesouro Selic – Fonte: Receita Federal

Perceba que quanto mais tempo manter o Tesouro Selic na sua carteira, menor será a alíquota de IR a ser paga.

Esse título também está sujeito à cobrança da taxa de custódia, que é de responsabilidade da B3.

Desde janeiro de 2019, ela foi reduzida para 0,25% ao ano. O desconto é feito apenas sobre os rendimentos e ocorre de forma semestral.

É importante ter em mente que, no resgate do Tesouro Selic, você receberá o valor já corrigido de forma líquida.

Assim, os impostos ficam retidos direto na fonte. E a B3 faz a cobrança da taxa de custódia de forma automática.

 

O que vale mais a pena: Tesouro Selic ou Poupança?

O Tesouro Selic pode ser mais seguro do que a tradicional caderneta

Vale a pena investir no Tesouro Selic

Desde 2016, os juros da economia caíram mais de 50%. Naquele período, a poupança já trazia rendimentos pouco atrativos para os poupadores.

No cenário atual, com a taxa Selic em 4,25%, eles se tornaram ainda menos convidativos.

Em 2019, a poupança rendeu 4,26%. Enquanto isso, o Tesouro Selic teve rentabilidade próxima de 5,79%.

Ao considerar a inflação do ano, que fechou em 4,31%, o ganho real da caderneta foi de -0,05%. Já o título público retornou 1,48%.

Lembre-se que o ganho real representa o dinheiro que, de fato, vem para o seu bolso. Ou seja, ele é o seu poder de compra.

Portanto, quem tinha dinheiro na poupança em 2019 poderá comprar menos do que um investidor do Tesouro Selic.

De acordo com o Boletim Focus, referente a 31 de janeiro de 2020, a projeção a taxa básica de juros é de 4,25% ao ano. Isto é, há expectativa de mais um corte de juros.

Assim, os rendimentos do Tesouro Selic e da poupança tendem a diminuir. Porém, o primeiro oferece ganho real aos seus investidores.

Enquanto que a caderneta poderá render menos do que a inflação novamente.

Para evitar que isso aconteça com o seu dinheiro, o ideal é procurar por outros ativos, por exemplo, o Tesouro Selic.

Além de rendimentos melhores, esse título não possui o aniversário da aplicação, como na poupança.

Logo, você tem a liberdade de solicitar o resgate diariamente sem acarretar perdas nos retornos do mês inteiro.

 

Calcule seu rendimento: simulador do Tesouro Selic

O rendimento do Tesouro Selic é calculado em forma de juros compostos. Assim, o seu dinheiro tende a render muito mais, principalmente no longo prazo.

Portanto, você pode calcular o quanto o seu capital poderá render até o vencimento por meio de equações e simuladores, como o disponibilizado pelo Tesouro Nacional.

 

Veja como utilizá-lo agora mesmo:

No simulador de Tesouro Selic, também é possível verificar os descontos estimados e simular demais títulos.

 

Outros títulos do Tesouro Direto

Esses ativos permitem fazer marcação a mercado e gerar mais lucros ao seu capital

 

O Tesouro Selic pode ser o título público mais recomendado e conhecido pelos brasileiros.

Porém, o governo federal também emite outros ativos. Antes de investir, é importante conhecê-los. Assim, você pode definir qual o mais adequado aos seus objetivos.

Tesouro Prefixado

Este título possui taxa de rentabilidade fixa, por exemplo, 6,5% ao ano. Assim, ele costuma ser uma boa alternativa quando há previsão de queda nos juros.

Nesse cenário, o Tesouro Prefixado costuma oferecer rendimento maior do que os demais ativos.

Ele também pode ser uma boa alternativa quando você investe hoje com objetivo de resgatar determinado valor no futuro, por exemplo, comprar um imóvel de R$ 400 mil.

Tesouro IPCA

Ele possui taxa de rendimento composta por uma parte fixa mais a variação do IPCA do período, por exemplo, 3,5% + IPCA.

Geralmente, se a inflação aumenta, a rentabilidade também sobe.

Portanto, o Tesouro IPCA é conhecido por oferecer ganho real aos seus investidores, pois é possível ganhar acima da inflação.

Essa pode ser uma boa alternativa para manter o seu poder de compra no futuro ou investir para a aposentadoria.

 

Como investir no Tesouro Selic com o modalmais

Agora que você já sabe que o Tesouro Selic pode ser o que faltava para o seu dinheiro render mais, chegou a hora de saber como começar agora mesmo.

Para te ajudar nessa jornada, preparamos um passo a passo prático para você. Siga-o:

 

  1. Abra a sua conta: informe os seus dados pessoais, crie um login e senha;
  2. Transfira: faça a transferência do valor a ser investido no Tesouro Selic da sua conta bancária para a sua conta no modalmais através de TED de mesma titularidade;
  3. Entre na sua plataforma: escolha a opção ‘Renda Fixa’. Em seguida, clique em ‘Tesouro Direto’;
  4. Invista: selecione o Tesouro Selic disponível para investimento. Informe o valor e a data de aplicação.

 

Pronto! Você acaba de investir no Tesouro Selic. A partir de agora, o seu dinheiro passará a render de verdade.

Vale destacar que a compra de títulos públicos pode ser realizado das 9h30 até às 18h em dias úteis. Depois desse horário, o processo será agendado para o próximo dia útil.

 

Conclusão

Saia da poupança, abra a sua conta e comece a investir a partir de hoje

 

O Tesouro Selic é um dos investimentos mais recomendados para quem deseja fazer o dinheiro render sem abrir mão da segurança.

A sua rentabilidade costuma ser próxima de 100% do CDI, o que significa que o seu capital terá retornos em linha com o mercado.

Sem contar que você pode solicitar o resgate do Tesouro Selic a qualquer momento.

O valor corrigido estará disponível na sua conta no próximo dia útil. Portanto, é possível utilizá-lo como a sua reserva de emergência.

Continue a aprender sobre investimentos com estes outros artigos do nosso blog:

 

 

Tenha em mente que, mesmo com a atratividade da renda variável, todo investidor deve ter parte do seu patrimônio em ativos de baixo risco.

Mas isso não significa deixá-lo na poupança com risco de render menos do que a inflação. Assim, o Tesouro Selic pode ser uma boa alternativa para diversificar e se proteger.

Portanto, para começar a investir de forma rentável e segura, você só precisa abrir a sua conta no modalmais agora mesmo.

Aqui, você encontra o Tesouro Selic e demais títulos públicos. Além disso, nosso time de especialistas está disponível para tirar todas as suas dúvidas a qualquer momento.

Obrigado por ler até aqui!