Taxa Selic

A taxa Selic é basicamente a taxa-mãe da economia.  Quando ela sobe ou desce, acaba afetando à inflação. O aumento ou redução da taxa Selic serve para controlar a inflação.

Entre 2015 e 2016, a inflação subiu consideravelmente e, para controlá-la, o Governo elevou a taxa Selic. Por sua vez, quando as taxas de juros estão elevadas, as pessoas tendem a comprar menos porque, no Brasil, é muito comum realizar compras no crédito. E, por último, com a diminuição do consumo, os preços caem consideravelmente – efeito da lei da procura e oferta.

 

Rendimento da Poupança

O rendimento da poupança atual rende apenas 70% da Taxa Selic, ou seja, 70% de 4,25%. Se optar em deixar o seu dinheiro na poupança em 2020, irá perder dinheiro, pois a valorização da poupança ficará abaixo da inflação.

Para ter um resultando satisfatório com seu dinheiro, será necessário fazer com que ele renda acima da inflação. Deixar o dinheiro na poupança não é mais uma opção, o dinheiro irá se desvalorizar.

 

Renda Fixa

O investimento em renda fixa é caracterizado como o empréstimo do seu dinheiro para o Governo (Tesouro Direto) ou para uma empresa privada, tendo a garantia que receber o seu dinheiro de volta em uma data pré-determinada com o acréscimo de juros. Basicamente, renda fixa é isso.

 

Renda Fixa Boa vs Renda Fixa Ruim

Quando a taxa Selic estava em 14%, a renda fixa ruim era “vantajosa”, ou seja era melhor do que a poupança. Mas no cenário atual com a Selic em 4,25%, precisamos perseguir a renda fixa boa.

Os investimentos que rendem 100% do CDI equivalem à taxa Selic ao ano e, podem ser considerados um investimento ruim. Pois os rendimentos do CDI são muito próximos à taxa Selic.

Os rendimentos superiores a 100% do CDI são as melhores escolhas para investir. Os investimentos como LCI e LCA considerados Renda Fixa, são isentos de IR (Imposto de Renda).

E como fazer essa conta? Não será necessário! Quando colocar o valor disponível para investir, o modalmais já fará por você, retornando com uma projeção do valor estimado de cada um dos investimentos daquela categoria na data do vencimento (resgate).

Exemplo: os CDBs disponíveis no modalmais com uma taxa de rentabilidade pré-fixada de 7% ao ano (o valor já está pré-estipulado) podem chegar em até 150% do CDI, no cenário atual, considerando a taxa Selic a 4,25%. Caso ela entre em alta, esses números podem se modificar.

Outro exemplo um CDB com rentabilidade de 128% CDI, significa que irá pagar o 100% do CDI + 28% do CDI até o vencimento (no caso de um vencimento de 2 anos).

1 ano -> CDI está em 4,5%-> irá pagar 128% de 4,5%

2 ano -> CDI está em 7% -> irá pagar 128% de 7%

O rendimento irá variar junto com a taxa do CDI, garantindo os 128% de rendimento.

 

Se a taxa Selic cair ainda mais?

Podemos ficar negativos? Vou perder o meu dinheiro?

Não! Apenas irá ganhar uma rentabilidade menor. Não irá perder e sim deixar de ganhar, são cenários diferentes.

 

Continue com o modalmais e invista cada vez melhor o seu dinheiro.

 

Leia também

CDI 2020 hoje: saiba como calcular os seus rendimentos

Juros Compostos: saiba para que serve, como calcular e se beneficiar

O que é o Tesouro Direto e como investir?