O mercado de jogos e consoles sofre mudanças constantes. Atualmente, é possível jogar sem nenhum tipo de mídia conectada ao console. Apesar de ter um público muito direcionado, o segmento de games na Bolsa de Valores é bastante aquecido.

Nesse sentido, eles surgem como uma nova opção de investimento para quem deseja diversificar o seu capital, o que fraciona os riscos e possibilita experimentar rentabilidades diferentes.

Neste artigo, mostramos tudo o que você precisa saber sobre esse segmento, apresentando as principais empresas e como investir nelas. Acompanhe!

 

Como está o mercado de games atualmente?

Antes de começar a discorrer sobre as empresas de games que estão listadas em Bolsas de Valores, é importante conhecer um pouco mais sobre os números desse mercado bilionário e que só vêm crescendo com o passar do tempo.

Um detalhe interessante a ser mencionado é que o Brasil é um dos principais mercados de games de toda a indústria, ocupando, nesse segmento, o 13º lugar no mundo, e o 1º na América Latina, segundo pesquisa divulgada em 2019 pela Newzoo, uma empresa de consultoria especializada na indústria de games. O nosso país movimenta 5,6 bilhões de reais por ano apenas com os campeonatos de diversos tipos de jogos.

Como a maioria das empresas desse segmento está fora daqui, também é interessante conhecer os números a nível mundial — e, acredite, eles são verdadeiramente impressionantes.

Segundo um relatório publicado pela SuperData, disponibilizado pelo portal Tecmundo, em 2019, as companhias de games movimentaram 120 bilhões de dólares.

Esse montante corresponde a um aumento de 4% em relação ao ano de 2018. Porém, outro número que também chama atenção são os das plataformas e os jogos feitos para smartphones. No mesmo período, foram faturados cerca de 64 bilhões de dólares em games para esse tipo de plataforma.

Esses números mostram que o mercado de games é extremamente aquecido e está em uma tendência de alta em termos de faturamento com os lançamentos de novos jogos. Sendo assim, estamos diante de um mercado que deve estar, pelo menos, no radar de quem investe na Bolsa de Valores.

 

Quais são as maiores empresas do segmento de games da Bolsa de Valores no mundo?

Antes de mostrar como investir em empresas de games na Bolsa de Valores, é fundamental conhecer as principais organizações desse segmento atualmente. Veja quais são elas!

 

Sony

A Sony é uma empresa mundialmente conhecida pela fabricação de eletrônicos dos mais variados tipos, entre eles televisores, smartphones etc. O que muitas pessoas talvez não saibam, é que ela é detentora de um dos consoles mais aclamados e desejados do mundo.

O PlayStation está em sua quinta edição e tem amantes espalhados por todo o mundo, que usam o equipamento predominantemente como uma diversão e até mesmo em competições.

 

Apple

Dificilmente, você encontra alguém que não conheça a Apple, a famosa fabricante de eletrônicos, especialmente dos smartphones e notebooks mais desejados em todo o mundo. O que poucos sabem é que a marca também desenvolve alguns games para rodar em seus próprios dispositivos.

Na sua loja de aplicativos, existem centenas de opções dos mais variados tipos. Alguns são feitos em parceria com outras marcas e oferecem opções pagas e gratuitas.

Obviamente, o segmento está mais voltado para games no formato mobile, o que contribui para que ele tenha um faturamento bilionário em todo o mundo – segundo a Newzoo, em julho de 2020, a previsão para esse mercado era que de ele fecharia o ano com uma receita de US$ 77 bilhões só em jogos mobile.

 

Microsoft

A Microsoft, uma das principais concorrentes da Apple no segmento de computadores pessoais, não poderia ficar de fora. Ela também tem um console icônico e desejado por milhares de pessoas do mundo. Estamos falando do Xbox, que já se encontra em sua quarta versão.

Com os seus outros segmentos de mercado, a Microsoft também figura como uma gigantesca empresa do segmento de games, contribuindo para o faturamento bilionário que existe nesse setor.

 

Vale a pena investir em ações de empresas do segmento de games?

Investir no mercado de games pode, sim, ser muito interessante para quem deseja diversificar um pouco as suas aplicações. Afinal, estamos tratando de um mercado que tem mostrado, ao longo dos anos, que tem poder suficiente para gerar receitas bilionárias, além do fato de que possui uma forte presença dentro do nosso país.

Além disso, as principais empresas desse segmento também atuam em outras frentes de negócios, gerando ainda mais solidez para essas companhias.

Também vale a pena mencionar que essas empresas surgem como mais uma forma de você diversificar as suas aplicações, o que permite que você promova mais proteção ao seu capital e ainda experimente rentabilidades diferenciadas de outros mercados.

 

Como investir em empresas de games na Bolsa de Valores?

Entendido o funcionamento do segmento de games na Bolsa de Valores, seus números e suas tendências para os próximos anos, uma dúvida deve ter ficado no ar: afinal, como investir nessas empresas, se a maioria delas está situada em outros países?

Até pouco tempo atrás, para fazer esse tipo de aplicação, você deveria abrir uma conta em uma corretora no exterior, enviar recursos para ela, por meio de remessas de câmbio, pagar todos os custos existentes nessa transação e fazer a aquisição dos papéis.

Porém, nos últimos anos, surgiu a figura do BDR, que são certificados de depósitos de ações das empresas estrangeiras, porém negociados na Bolsa de Valores brasileira.

Ou seja, você não precisa preocupar-se em ter uma conta em uma corretora estrangeira ou enviar dinheiro para o exterior.

Tudo é feito mediante a B3 e os bancos de investimento, ou corretoras nacionais. Isso significa que, para comprar um BDR da Apple, por exemplo, basta ter uma conta nessas instituições, transferir para ela os recursos que pretende investir, por meio de TED ou PIX, escolher uma plataforma de negociações em Bolsa de Valores – ou o Home Broker – e, finalmente, digitar o código do ativo, escolher a quantidade e fazer a aplicação.

O BDR não é a ação da empresa propriamente dita. Trata-se de um ativo que tem desempenho – logo, cotação – referenciado nessas ações

Por fim, podemos concluir que as empresas de games da Bolsa de Valores surgem como mais uma opção para sua carteira de investimentos, especialmente para quem pretende ter resultados referenciados em mercados do exterior, como o que acontece com os BDRs.

Gostou dessas dicas? Que tal continuar aprendendo sobre o assunto? Então, leia o conteúdo onde ensinamos como montar uma carteira de ações.

 

Quer começar a investir ainda hoje, abra a sua conta no modalmais e veja como podemos ajudá-lo.

Compartilhe-o esse conteúdo em suas redes sociais. E para não perder nenhuma novidade, assine nossa newsletter gratuita e fique por dentro dessa e de outras notícias.