As blue chips são ações de grandes empresas da bolsa de valores. Geralmente elas possuem alta capitalização e são bastante consolidadas no mercado.

Outra característica destes papéis é ter um política de distribuição de proventos bem definida. Em muitos casos, além dos rendimentos provenientes dos investimentos, a companhia também paga dividendos e lucros aos seus acionistas.

Por outro lado, ações de empresas de menor porte, como as small caps, muitas vezes precisam direcionar seus lucros somente para investimentos em sua própria estrutura.

O principal índice que mostra a performance das blue chips brasileiras é o Bovespa (IBOV). Até dezembro de 2019, ele registrou alta de 31,01%.

Para 2020, as perspectivas indicam que as ações tendem a continuar em rota de valorização. Portanto, provavelmente você também pode e deve aproveitar esse bom momento e investir em blue chips.

Porém, antes de tomar qualquer decisão, é preciso entender um pouco mais como essas ações funcionam, quais  as formas de operar e como começar a investir de forma segura.

 

Diante disso, preparamos um guia completo sobre as blue chips, com dicas incríveis para você colocar em prática ainda hoje. Veja o que trazemos para você nesse artigo:

 

  • Quais são as ações blue chips?
  • Qual a diferença entre blue chips, large caps e small caps?
  • 7 melhores blue chips de 2019
  • Dúvidas comuns sobre mercado de ações
  • Como investir em blue chips com a modalmais

 

Boa leitura!

 

Quais são as ações blue chips?

Entre os ativos mais conhecidos temos Petrobras, Embraer e Vale.

 

A classificação de blue chips é dada às ações de maneira comparativa. Geralmente, elas são fáceis de serem identificadas, pois costumam apresentar as seguintes características:

 

  • alta liquidez;
  • boa governança e transparência;
  • proximidade com os investidores;
  • apresenta resultados consistentes ao longo do tempo;
  • possui maior resiliência diante de crises econômicas.

 

Por isso, as blue chips são tão desejadas pelo mercado e servem como referência de desempenho ou também como base para comparativos entre seus pares.

Sem contar que estas ações praticamente determinam o comportamento do IBOV. Então, se elas também podem ser vistas como um termômetro da bolsa de valores.

 

Blue chips são as empresas de primeira linha?

Ações de empresas de “primeira linha” é um termo bastante antigo que, gradualmente, foi substituído pelo termo “blue chips”.

Basicamente, significa são papéis que oferecem alto grau de liquidez e menor risco aos seus investidores.

Portanto, são de primeira linha (ou seja, boas para investir), principalmente no médio e longo prazos. No mercado brasileiro, alguns exemplos são a JBS, o Banco do Brasil e a Vale.

 

Qual a diferença entre blue chips, mid caps e small caps?

Toda blue chip já foi uma mid caps ou uma small cap.

 

A principal diferença entre estes modelos de ações é sua capitalização ou valor de mercado. Esse fator é determinado pela lei da oferta e demanda.

Portanto, papéis que possuem maior procura do que oferta, costumam apresentar cotações mais altas e, consequentemente, maior capitalização, como é o caso das blue chips.

As mid caps são ações intermediárias, onde oferta e demanda são mais equilibradas. Logo, seu valor de mercado é menor que o das blue chips.

Dessa maneira, para entrar nesta classificação, os papéis precisam ter capitalização entre R$ 2 bilhões até R$ 10 bilhões.

Na B3, a bolsa de valores brasileira, alguns exemplos de mid caps são as empresas Alpargatas, Embraer e Natura.

Já as small caps estão entre os papéis com capitalização entre R$ 300 milhões a R$ 2 bilhões, como a Eneva, PetroRio e Lojas Marisa.

Nesse caso, como a oferta costuma ser maior que a demanda, sua liquidez é menor. Este deve ser um ponto de atenção na hora de investir. Falaremos mais sobre isso ainda neste artigo.

 

7 Melhores blue chips de 2019

Em 2019, as ações de muitas blue chips dobraram o valor investido no início do ano.

 

Com os juros brasileiros apresentando mínimas históricas, além dos avanços e recuperação da economia, a bolsa brasileira tem oferecido ganhos atrativos aos seus investidores.

Até 20 de dezembro de 2019, o IBOV registrou alta de 31,01% no ano. Por se tratar de um índice, algumas ações tiveram resultado maior ou menor do que ele.

No geral, as blue chips podem ser consideradas como bons investimentos do ano. Por isso, trazemos para você as 7 que mais renderam em 2019.

 

Cyrela (CYRE3)

A Cyrela é uma construtora que só recentemente passou a ocupar uma posição entre as blue chips.

Em 2019, suas ações renderam 102,25%, principalmente pela retomada da construção civil no Brasil.

Com os juros baixos, a tendência do crédito é ficar mais barato e acessível, beneficiando diretamente o financiamento de imóveis e lançamentos.

 

YDUQS (YDUQ3)

A Yduqs é a antiga Estácio, que atua na área de educação. É uma ação bastante conhecida pela distribuição de bons dividendos.

Seu nome foi modificado em 2019 para demonstrar o rearranjo da estratégia, depois da fusão com a Kroton Educacional. A partir disso, a blue chip apresentou rendimento de 106,29% no ano.

 

Cosan (CSAN3)

A Cosan é uma holding do setor de energia. Basicamente, ela detém o comando de companhias produtoras de açúcar, etanol, gás natural e distribuição de combustíveis.

Por conta desta matriz diversificada, com resultados crescentes e a alta no valor dos combustíveis, suas ações renderam 112,59% em 2019.

 

Magazine Luiza (MGLU3)

As ações de Magazine Luiza sempre costumam surpreender o mercado. Com a recente oferta adicional de ações, no mês de novembro, a empresa passou a valorizar ainda mais.

Em 2019, a blue chip subiu incríveis 116,11%. A alta se deve às parcerias e aquisições, como a da Netshoes.

Além disso, a consistência nos resultados e aumento crescente do uso de novas tecnologias, atraiu muitos investidores pessoas físicas e institucionais.

 

JBS (JBSS3)

A JBS é uma das maiores empresas frigoríficas do mundo, dona de marcas como Seara, Agrovêneto e Friboi.

Após adequações e mudanças em sua direção, além de mudanças estratégicas na empresa, a blue clip voltou a ganhar espaço na carteira de muitos investidores.

Por conta disso, as ações de JBS renderam 124,33% em 2019.

 

Notre Dame Intermédica (GNDI3)

A Notre Dame é um dos destaques das blue chips de 2019. É uma operadora de planos de saúde e se tornou uma das favoritas do mercado por possuir um sistema de operações verticalizado.

Dessa forma, a Notre Dame consegue oferecer aos seus clientes planos de saúde com melhores preços, o que a permite trabalhar também com pequenas e médias empresas.

Em 2019, a blue chip foi a segunda que mais rendeu na bolsa, apresentando alta de 132,30%.

 

Banco BTG (BPAC11)

O BTG é um banco de investimentos. Seu crescimento em 2019 se deu pela mudança na estratégia, com foco no varejo.

Além disso, participações em outras empresas (como Banco Pan e Eneva) gerou bons lucros aos resultados da companhia.

Com isso, o BTG foi a blue chip que mais valorizou em 2019, apresentando alta de 231,11%. Portanto, quem investiu no início do ano, em dezembro já conseguiu duplicar o capital investido.

 

 

Dúvidas comuns sobre mercado de ações

Muita gente deseja começar investir em ações, principalmente com os resultados atrativos apresentados pela bolsa de valores atualmente.

Como mostramos acima, algumas blue chips se valorizaram mais de 100% em 2019. Em 2020, é possível que essas e outras continuem crescendo ainda mais.

Ao mesmo tempo, é muito comum haver dúvidas antes de começar a investir. Afinal, existe muita informação disponível, mas nem todas são confiáveis.

Portanto, separamos alguns dos questionamentos que mais recebemos sobre o mercado de ações e que podem ajudá-lo a fazer boas escolhas em seus investimentos a partir de agora.

 

O que é liquidez de uma ação?

Ela representa o tempo de conversão de um ativo em dinheiro. Quanto maior a liquidez, mais rápido será este processo.

Por exemplo, suponha que você possua um imóvel e deseja vendê-lo. Caso precise do valor da venda hoje, especificamente, dificilmente conseguirá fazê-lo, mesmo que o consiga vender.

Por outro lado, se você detém ações de blue chips e precise sacar seu rendimento, é possível vendê-las e obter o dinheiro em algumas horas.

O primeiro exemplo trata de um ativo de baixa liquidez, enquanto que o segundo é de alta liquidez.

Uma das grandes vantagens no investimento em blue chips é sua alta liquidez, que permite montar estratégias no curto, médio e longo prazos, sem grandes prejuízos financeiros.

Tenha em mente o seguinte: é possível que o aumento da liquidez pode diminuir muito o preço de um ativo.

Porém, com as blue chips, não é preciso utilizar este artifício, já que possuem grande negociação diária na bolsa de valores.

 

É mais seguro investir em blue chips?

As blue chips são ativos de renda variável. Isso significa que o risco oferecido é alto.

Porém, elas são ações de empresas que estão há mais tempo no mercado. Portanto, oferecem mais segurança do que as que iniciaram agora.

Além disso, as blue chips costumam apresentar grande patrimônio e são grandes geradoras de caixa.

Assim, existe menor possibilidade que elas quebrem, se comparadas às empresas mais recentes.

Mesmo assim, tenha em mente que as ações são recomendadas para investidores com um perfil moderado ou arrojado.

(Sem contar que não é seguro, nem recomendável aplicar todo seu dinheiro em ações ou um único tipo de investimento, seja lá qual for.)

O ideal é ter uma carteira diversificada, com ativos de renda fixa e variável, respeitando o seu perfil de investidor e seu objetivos financeiros.

 

 

Como investir em blue chips com a modalmais

Conheça opções incríveis para fazer seu dinheiro render ainda mais.

 

Aqui, na modalmais, é possível investir em blue chips de forma simples e segura. Siga este passo-a-passo e comece agora mesmo:

 

  1. Abra a sua conta: informe seus dados pessoais, crie um login e senha.
  2. Transfira: faça a transferência da sua conta bancária para sua conta na modalmais, através de TED, do valor que deseja investir em blue chips.
  3. Entre na plataforma: escolha a opção home broker. Em seguida, basta digitar o ticker referente à ação desejada (por exemplo, VALE5, ações da empresa Vale). Informe o preço e quantidade de compra.

 

Pronto! Agora é só torcer para que sua ordem seja executada. Assim, as blue chips passam a fazer parte da sua carteira.

 

Outras formas de investimento em ações

Lembre-se também que existem outras formas de investir nessas ações, como fundos de ações, ETFs e contratos futuros.

De acordo com a Anbima, fundos de ações são carteiras com, no mínimo, 67% do patrimônio em ações.

Para investir em blue chips desta forma, é preciso conhecer o prospecto e composição da carteira, além das taxas cobradas.

Os ETFs (Exchange Traded Funds) são fundos de índices. No caso das blue chips, eles devem ter referência de rentabilidade no Índice Bovespa.

Entre os mais conhecidos estão o BOVA11 e BOVV11. Sua negociação é realizada no home broker e é semelhante ao passo-a-passo mostrado acima.

Já os contratos futuros são recomendados para investidores de perfil arrojado e com experiência no mercado financeiro.

Os ativos anteriores podem entrar nas carteiras de moderados a arrojados, pois os riscos são um pouco menores.

Com contratos futuros de índices, é possível ganhar dinheiro com a variação das pontuações do IBOV no futuro.

Assim, basta utilizar uma estratégia para lucrar na alta ou na baixa do IBOV.

 

 

Conclusão

Abra a sua conta na modalmais e comece a investir agora mesmo!

 

Blue chips são ações de grandes empresas brasileiras. Elas costumam ser bons investimentos, principalmente para os iniciantes no mercado de ações.

Com os juros brasileiros apresentando mínimas históricas, a bolsa de valores oferece diversas oportunidades para quem quer fazer seu dinheiro render mais.

Ao considerar o investimento em blue chips, devem ser consideradas empresas que paguem dividendos bons e previsíveis, além daquelas que apresentam resultados consistentes.

Quer saber ainda mais sobre investimentos de renda variável? Veja estes outros artigos do nosso blog:

 

 

Em 2020, a previsão é de expansão da economia. Portanto, hoje pode ser um bom momento para investir em blue chips.

Para dar esse grande passo em sua vida financeira e aproveitar esse ciclo positivo, você só precisa abrir a sua conta na modalmais agora mesmo.

Aqui, você pode investir em blue chips com as melhores taxas do mercado. Além, é claro, de ainda contar com todo o auxílio da nossa equipe, a qualquer momento.

 

Obrigado por ler até aqui!