O Ibovespa Futuro é um tipo de investimento em renda variável que pode gerar muitas dúvidas nos investidores. Afinal, são ativos que exigem conhecimento sobre a operação na Bolsa de Valores. Além, é claro, de um pouco de experiência.

Certamente, ao estudar sobre o mercado financeiro e formatos de investimento, você já ouviu falar do Índice Ibovespa. Através do Ibovespa futuro, investidores podem lucrar com as oscilações desse indicador.

Pode parecer um pouco complicado no começo, mas não se preocupe. Criamos esse guia completo para ajudar você a entender tudo sobre o Ibovespa Futuro. Como você sabe, é importante tirar todas as suas dúvidas antes de investir!

 

A seguir, você vai aprender mais sobre:

 

  • O que é a Bolsa de Mercadorias e Futuros?
  • O que é o índice Ibovespa futuro?
  • Saiba como funciona o Ibovespa futuro
  • Entenda o que é a margem de garantia
  • Vale a pena investir em Ibovespa futuro?
  • Como investir em Ibovespa futuro com a modalmais

 

Boa leitura!

 

O que é a Bolsa de Mercadorias e Futuros?

Aprenda mais sobre a Bolsa de Mercadorias e Futuros.

 

A Bolsa de Mercadorias e Futuros é conhecida como BM&F. Você certamente já viu essa sigla, mas sabe exatamente como essa instituição opera?

Como é possível imaginar, a BM&F está diretamente ligada à Bolsa de Valores. Seu objetivo é negociar e registrar operações financeiras. Dessa forma, nela é que são negociadas ações, cotas de fundo de investimentos e títulos público ou privados.

É também na BM&F que são negociados os contratos futuros. Tratam-se de ativos da renda variável, que funcionam como um acordo de compra e venda.

Neles, o comprador e vendedor de commodities ou derivativos financeiros, acordam um preço. Na data de vencimento do contrato, a liquidação do valor combinado é realizada. Se o preço do derivativo subiu, o comprador tem lucro. Se caiu, terá prejuízo.

Através da BM&F e dos contratos futuros, é possível negociar:

 

  • Commodities: como milho, café e ouro.
  • Moedas: como dólar e euro.
  • Índices financeiros: como o Ibovespa e S&P 550.

 

 

O que é o índice Ibovespa futuro?

Entenda o que é o Ibovespa futuro.

 

Entender como funcionam os contratos futuros é simples quando falamos de commodities. Afinal, se trata da compra e venda de um bem tangível. No entanto, quando falamos de um contrato de derivativo financeiro, entramos em um cenário um pouco mais abstrato.

Mas, não se preocupe. Vamos explicar de maneira simples o funcionamento do Ibovespa futuro.

Da mesma forma que contratos futuros de commodities rendem de acordo com o preço do bem negociado, o Ibovespa futuro rende conforme as oscilações do índice.

O processo de investimento é muito parecido com a compra de ações. A única diferença é  que os vencimentos do contrato do Ibovespa futuro ocorrem em uma data fixa.

Portanto, além de considerar se o ativo tem potencial de alta, o comprador precisa ter em mente que a valorização precisa ocorrer até a data de vencimento.

 

Como você deve saber, o índice Ibovespa é calculado em pontos. Você pode acompanhar a variação em tempo real do indicador através do site da B3.

 

 

O que é mini índice Bovespa?

Os contratos do Ibovespa futuro são negociados em duas modalidades. É possível investir no índice cheio ou no mini índice.

O mini índice foi desenvolvido pela BM&F, buscando atender ao pequeno investidor. Dessa forma, você pode investir em uma parcela de um contrato. Isso torna o aporte inicial muito mais acessível.

A seguir, você entenderá melhor como funcionam ambos os tipos de contrato Ibovespa futuro.

 

Saiba como funciona o Ibovespa futuro

Descubra como funciona o investimento em Ibovespa Futuro.

 

O Ibovespa é um dos mais importantes indicadores da economia brasileira. Esse índice é calculado e publicado em tempo real pela B3, a Bolsa de Valores de São Paulo.

Seu principal objetivo é medir o comportamento geral de ativos do mercado de ações. Isso é feito calculando a média da performance dos títulos mais negociados, todos os dias.

Ao investir em Ibovespa futuro, a expectativa do comprador é que o índice suba, gerando lucros. Assim, esse é conhecido como um contrato de derivativos financeiros, isto é, tem sua rentabilidade atrelada a um índice do mercado.

O vendedor, por sua vez, pode lucrar no caso da queda do índice. Portanto, esse é um ativo bilateral: é possível lucrar tanto com a valorização, quanto com a queda.

No entanto, é difícil prever com exatidão como o Ibovespa irá se comportar até a data de vencimento.

Esse é um índice que sofre oscilações constantes. Assim, contratos Ibovespa futuro são recomendados para investidores mais experientes e com boa tolerância a riscos.

 

Qual a letra (código) do índice futuro?

Para encontrar um ativo em seu Home Broker e começar a investir, é preciso fazer a busca pela sigla. No caso dos contratos Ibovespa futuro, elas são indicadas dessa forma:

 

  • IND: índice cheio.
  • WIN: mini índice.

 

Vale destacar, também, que a sigla vem seguida de um código que identifica o mês e o ano do vencimento do ativo. Esse código é composto de uma letra para identificar o mês e um número de dois dígitos que aponta o ano. Veja a tabela a seguir para entender melhor:

 

Mês de Vencimento do contratoCódigo
JaneiroF
FevereiroG
MarçoH
AbrilJ
MaioK
JunhoM
JulhoN
AgostoQ
SetembroU
OutubroV
NovembroX
DezembroZ

 

Isso significa que um ativo com a sigla WINH20 é um mini contrato Ibovespa futuro com vencimento em março de 2020.

 

Quanto vale 1 contrato de índice?

O valor de um contrato Ibovespa futuro é calculado através dos pontos do índice. Cada ponto é equivalente a R$ 1.

Então, se o índice estiver em 110.000, o contrato cheio tem o valor de R$ 110.00,00. O lote mínimo para investimento é de 5 contratos.

Já no caso do mini índice, o valor do contrato é de R$0,20 por ponto da Ibovespa.

Portanto, com o mesmo índice de 110.000, o mini índice vale R$ 22.000,00. O lote mínimo, nesse caso, é reduzido para 1 mini contrato.

Assim, para saber o valor exato do Ibovespa futuro, é preciso acompanhar as variações da cotação do Ibovespa. Esse é um índice de alta volatilidade, então é recomendado que você monitore de perto os ativos atrelados.

Entenda o que é a margem de garantia

Entenda como proteger o valor do seu investimento inicial.

 

Como você viu no tópico anterior, o valor de cada contrato do Ibovespa futuro é bastante elevado. No entanto, não é preciso pagar o valor completo ao investir, mas apenas uma margem de garantia.

A margem de garantia é uma quantia depositada pelas partes envolvidas no contrato futuro. Assim, o objetivo é garantir o cumprimento do acordo. Essa é uma exigência da câmara de compensação, para cobrir os custos envolvidos com a operação.

Se o contrato foi liquidado e houve lucro, a margem de garantia é devolvida. No caso de prejuízo, o valor será descontado do montante aplicado.

Para contratos do Ibovespa futuro, a margem de garantia é de 15%. Então, se o contrato tiver o valor de R$ 110.000,00, o investidor deve depositar R$ 16.500,00 para cobrir a margem de garantia.

Isso gera oportunidade de alavancagem, isto é, o investidor pode aplicar em um ativo que vale bem mais que o patrimônio alocado atualmente.

A margem de garantia também não precisa ser preenchida apenas em dinheiro. É possível alocar ativos como títulos públicos, ações e CDBs para esse fim, por exemplo.

 

Exemplo de operação no Ibovespa futuro

Vamos supor que o mini índice esteja valendo R$ 22.000,00, como no nosso exemplo. Para investir, você precisa de 15% do valor na sua conta da corretora, seja em dinheiro ou ativos. Assim, será necessário R$ 3.300,00 como aporte inicial.

Os rendimentos (sejam eles positivos ou negativos) serão calculados com base no valor total do mini índice, e não no montante aplicado – isto é, sobre R$ 22.000,00, nesse exemplo.

Se o índice valorizar em 10%, você lucrou R$ 2.200,00. Essa quantia será liquidada na data do vencimento e o valor da margem de garantia será devolvido.

No entanto, se o índice desvalorizar em 10%, você perdeu essa mesma quantia. Nesse caso, você perderia parte do que investiu como margem de garantia.

Agora, imagine que a queda foi de 25%. Nesse caso, o prejuízo seria de R$ 5.500,00. Assim, você teria perdido todo o investimento inicial, mais R$ 2.200,00.

Esse valor se torna uma conta a pagar, que pode ser descontada de outros investimentos ou pode passar a gerar dívidas, acrescidas de juros.

 

 

Vale a pena investir em Ibovespa futuro?

Investir em Ibovespa futuro é uma boa opção para você?

 

Como mostramos, investir em Ibovespa futuro pode representar ótimo potencial de rendimento a curto prazo. No entanto, também existe potencial de prejuízo.

Dessa forma, o investimento em Ibovespa futuro é considerado uma operação de alto risco. Esse tipo de ativo é mais recomendado para investidores experientes, com perfil de investimento arrojado e, principalmente, que contam com uma reserva para emergências.

Portanto, a melhor forma de determinar se essa é uma opção adequada para você é conhecendo melhor seu perfil e objetivos. Se você possui uma boa tolerância aos riscos e já possui uma carteira diversificada, além de reservas, esse pode ser um ativo muito lucrativo.

Também é interessante lembrar: é possível vender o contrato Ibovespa futuro antes da data de vencimento. Assim, você passa da posição de comprador (que lucra com a alta) para a de vendedor (que lucra com a baixa).

Desse modo, esse é um ativo que também exige monitoramento constante do índice.

A maior vantagem do Ibovespa Futuro está na possibilidade de alavancagem. Isto acontece pois o investidor só precisa dispor de uma fração do valor do ativo para aplicar. A rentabilidade, por sua vez, é calculada com base no valor total do contrato.

Como investir em Ibovespa futuro com a modalmais

Com a modalmais é fácil investir em Ibovespa futuro.

 

E então, já decidiu se o Ibovespa futuro é o ativo ideal para sua carteira? Se sim, é hora de começar a negociar os contratos na bolsa.

Na modalmais, esse processo é simples e rápido. Basta seguir os passos:

 

  1. Crie sua conta na modalmais. O processo é completamente digital e gratuito. Conosco, você também conta com taxa de corretagem ZERO no mini índice e no índice cheio.
  2. Faça login na área de clientes e acesse o nosso Home Broker.
  3. Busque o contrato Ibovespa futuro através das siglas (WIN para mini índice, IND para índice cheio)
  4. Escolha a quantidade, determine o preço do contrato desejado e emita sua ordem de compra. Nossa margem de garantia é bastante reduzida, começando em R$ 13 no mini índice e R$125 no índice cheio.

 

Para entender mais sobre as vantagens de investir no Ibovespa futuro com a modalmais, clique aqui!.

Conclusão

O Ibovespa futuro é indicado para o perfil de investidor arrojado.

 

O Ibovespa futuro é um tipo de contrato negociado na BM&F. Através desses ativos, é possível lucrar com as oscilações do Ibovespa, o mais importante índice de renda variável no Brasil.

Nesse artigo, você entendeu melhor como funciona o Ibovespa futuro, além de aprender como investir nesse tipo contrato.

É preciso dispor apenas de uma margem de garantia para investir em Ibovespa futuro. Os rendimentos ou prejuízos, no entanto, são calculados com base no valor total do contrato.

Assim, apesar do potencial de ótimos rendimentos e alavancagem, esse é um ativo de alto risco. Portanto, trata-se de um ativo recomendado para investidores experientes e que contam com reservas de emergência.

Se você quer aprender mais sobre como investir na renda variável de forma segura e eficaz, leia também esses outros artigos:

 

 

Obrigado por ler até aqui!