Você já pensou em investir na Gerdau? Um requisito importante para quem quer se dar bem no mercado de ações, visando o longo prazo, é procurar boas empresas para aplicar o seu dinheiro. Nesse cenário, muitas pessoas ficam restritas a poucas companhias, que são as mais conhecidas pela atividade que exploram.

A empresa que abordaremos neste artigo, é um exemplo clássico dessa máxima. Ou seja, trata-se de uma organização de grande porte e com números surpreendentes. Pensando na importância do assunto, nós resolvemos preparar um conteúdo completo sobre a Gerdau.

Nele, mostraremos um pouco mais sobre a empresa, desempenho recente e como investir nela. Continue lendo!

Quem é a companhia Gerdau?

A Gerdau é uma produtora de aços longos, considerada a maior do setor em todo o continente americano. Além disso, ela produz também aços planos e minério de ferro, sendo uma das fornecedoras desse produto para o setor automotivo.

A companhia é controlada pela Metalúrgica Gerdau, que também tem as suas ações negociadas na Bolsa de Valores.

Para se ter uma ideia de sua capacidade de produção, em 2019, a empresa produziu 5,6 milhões de toneladas de aço bruto nas operações de aços longos e planos no Brasil, e 4,6 milhões de toneladas de aço bruto nas unidades de aços longos nos Estados Unidos e no Canadá. Entre os seus produtos, estão também:

  • barras;
  • vigas;
  • vergalhões;
  • estacas;
  • placas de aço etc.

A Gerdau tem sede no Brasil, mas está presente em outros dez países — entre eles, Canadá, Colômbia, México, Peru, Estados Unidos etc. Ainda assim, cerca de 40% de toda a sua produção fica aqui em nosso país.

Esses países têm cerca de 31 unidades da companhia, 75 lojas comerciais e duas minas de minério de ferro. Além disso, a empresa também mantém uma base florestal para a plantação de eucalipto com mais de 250 mil hectares.

Uma curiosidade interessante é que a companhia é uma das maiores recicladoras de sucatas de ferro da América Latina. Atualmente, ela transforma cerca de 11 milhões de toneladas de sucata em aço, nas suas operações no Brasil e em outros países.

Quais são as ações da Gerdau?

Antes de investir em Gerdau, é importante que você saiba que a empresa tem em circulação para livre negociação na Bolsa de Valores, quatro tipos diferentes de ações, referentes a duas companhias distintas.

Nesse caso, em qual delas investir? Detalharemos cada uma nos tópicos abaixo. Continue lendo!

Gerdau S.A.

A primeira companhia é a própria Gerdau S.A. Assim como outras empresas, ela tem ações ordinárias e preferenciais livres para negociação na Bolsa de Valores. As primeiras, são identificadas com o código GGBR3.

Das ações de Gerdau em circulação no mercado, somente 1,26% são do tipo ordinária. O restante é composto pelas preferenciais, negociadas sob o código GGBR4.

Metalúrgica Gerdau

Assim como a companhia anterior, a Metalúrgica Gerdau também possui ações ordinárias e preferenciais. As primeiras sob o código GOAU3. As demais utilizam o código GOUA4.

Dentre as quatro ações apresentadas, as mais negociadas são as ações preferenciais de cada companhia, ou seja, GGBR4 e GOAU4.

Isso acontece pelo fato de ambos os papéis terem mais liquidez no mercado, ou seja, eles são mais negociados durante o pregão. Mas entre os dois, o GGBR4 ainda é o mais procurado pelos investidores.

O que observar antes de comprar ações da companhia?

Agora que você conhece mais sobre a Gerdau e os papéis que representam a empresa na Bolsa de Valores, está na hora de conhecer os números e o mercado em que ela atua. Neste tópico, discorreremos o assunto com mais detalhes. Continue lendo!

Números financeiros

Inicialmente, é importante conhecer os últimos números divulgados pela companhia. No primeiro trimestre de 2021, a Gerdau registrou um lucro líquido de R$ 2,4 bilhões. Isso representa uma alta de 1.016%, se compararmos com o montante anual. Se analisarmos o trimestre anterior, esse aumento foi de 134%.

Afinal, em 2020, a empresa fechou o quarto trimestre com um lucro de R$ 1,057 bilhão. Esse resultado foi um claro sinal da recuperação econômica pós-pandemia que iniciou discreta no final de 2020, consequência também da alta no preço do aço, da taxa de câmbio mais favorável e do crescimento de 15% nas vendas nesse mercado. Assim, a receita líquida da companhia foi de R$ 16,3 bilhões — uma alta de 77%, se analisarmos o mesmo período de 2020.

Mercado internacional

Outro elemento que deve ser considerado é o mercado internacional. Afinal, o principal produto da Gerdau é o aço, e esse elemento é negociado em escala global. Sendo assim, os preços praticados no mercado internacional influenciam muito o preço dos itens comercializados pela companhia.

Vale ressaltar que a demanda de aço do mundo tem um peso muito grande nesse aspecto: se existe mais aço disponível, o seu preço pode cair. Mas com menos produto, pode reduzir.

Enfim, é a simples e conhecida lei da oferta e procura — e esse fator tem um impacto significativo sobre o lucro da companhia.

Cotação do dólar

Outro fator determinante para a sua decisão como investidor, é a cotação do dólar. Isso porque aproximadamente dois terços dos resultados da companhia provêm de vendas feitas no mercado externo, ou seja, outros países.

Sendo assim, o câmbio se transforma em um fator que influencia bastante os resultados da empresa. Se o dólar sobe, o valor do aço vendido pela companhia aumenta também. Da mesma forma que o contrário também é válido.

Desempenho da construção civil

Um outro ponto que você deve avaliar é o desempenho do mercado de construção civil, afinal, ele é utilizado nesse universo de forma massiva. Sendo assim, os resultados da empresa podem melhorar quando o setor também está crescendo.

Na verdade, a construção civil vem sendo um termômetro bastante válido da economia geral do país. Isso porque ela é muito sensível a momentos de confiança ou fragilidade do cenário nacional.

Distribuição de dividendos e performance

Existe uma lei de mercado que diz que a rentabilidade passada não garante lucros futuros. Isso é uma verdade incontestável, mas avaliar o desempenho das ações nos últimos anos é um indicador muito importante e que não deve ser desconsiderado.

Ele servirá para demonstrar se a empresa está indo bem ou não, lembrando que as cotações diárias dos pregões influenciam o valor de mercado da companhia como um todo.

Também é importante considerar o conceito de dividend yield, que se refere a um indicador que mede o rendimento de uma ação, de acordo com o pagamento de dividendos (a parcela do lucro líquido que as empresas distribuem aos seus acionistas).

O cálculo se baseia nos proventos distribuídos pela empresa e o preço de suas ações na Bolsa. Dessa forma, o valor pago em proventos pode indicar o quanto a empresa conseguiu lucrar no período.

Preço das ações no momento

Por fim, é essencial avaliar o preço das ações no dia de pregão. Em alguns casos, é possível que ela esteja supervalorizada — e em momentos de animação do mercado, os papéis ficam mais caros. Logo, é interessante esperar uma correção para entrar em um preço mais atraente.

Como investir em ações da Gerdau?

Depois de conhecer todos os pontos relacionados à Gerdau, você já deve estar ansioso para saber como investir nessa companhia. Para tanto, basta seguir pontos muito simples, veja quais são eles.

Abrir uma conta em uma corretora ou banco de investimentos

Você precisa de um intermediário para comprar e vender ações na Bolsa de Valores. Isso é feito por meio de corretoras. Mas atualmente existem formas mais inteligentes de investir, por meio dos banco de investimentos.

São empresas que oferecem todos os serviços de uma instituição bancária, tais como pagamentos, transferência por meio de PIX e TED etc. Além disso, essas instituições também têm plataformas de investimentos completas, que são capazes de oferecer todo o suporte que você precisa para investir no mercado financeiro.

Selecionar uma plataforma de negociações ou Home Broker

Em geral, as instituições de investimento oferecem o acesso ao Home Broker. No entanto, você pode optar também por outras ferramentas mais completas presentes nas plataformas de negociação.

O Home Broker geralmente é mais simples e não possui muitos tipos de ferramentas de análise. Contudo, são gratuitos e muito eficientes. Se você deseja ter mais itens para embasar a sua tomada de decisões, deve contratar uma plataforma de negociações.

Geralmente, as próprias corretoras ou bancos de investimentos já disponibilizam esse tipo de software, mas a sua contratação não é obrigatória, já que por meio do Home Broker você já consegue comprar ou vender ações.

Fazer o acompanhamento dos seus ativos

Por fim, é importante acompanhar as ações adquiridas diariamente. Muitos investidores iniciantes compram papéis de uma companhia e esquecem as suas operações, o que as torna ainda mais arriscadas.

O acompanhamento deve ocorrer constantemente. Você precisa analisar as movimentações nos preços do papel e as notícias relacionadas ao mercado de forma global e ao setor de atuação da companhia. Essas informações devem servir como base da sua decisão de manter a posição ou se desfazer dela vendendo as ações.

Por fim, podemos concluir que, no geral, investir na Gerdau pode ser uma boa alternativa para diversificar a carteira. Mas é imprescindível analisar cada um dos pontos que mencionamos neste artigo. Assim, você evita transformar um bom investimento em uma dor de cabeça.

Gostou das dicas deste artigo e quer começar a investir? Então, abra a sua conta no modalmais e veja como iniciar a sua carreira no universo dos investimentos.