Com certeza, você já deve ter ouvido falar sobre o PIB assistindo ao noticiário na televisão ou acompanhando algum portal de notícias econômicas.

Mas, afinal, o que ele significa? Sigla para Produto Interno Bruto (termo cunhado pelo economista russo Simon Kuznets, na década de 1930) o PIB é um indicador de extrema importância para projetar o crescimento do país.

Essa métrica permite que empresas e investidores definam melhor as suas estratégias, tais como em qual país investir. O comportamento do PIB é um diagnóstico do quanto um mercado é confiável, sendo um termômetro de avaliação da saúde econômica de um país.

Neste artigo, vamos aprofundar sobre os principais pontos do PIB e a sua relação com os investimentos. Se você quer saber como tomar decisões inteligentes, continue a leitura!

 

Afinal, qual é o significado de Produto Interno Bruto?

O PIB é um índice econômico que tem por finalidade identificar o quanto um país está crescendo. Ele calcula como está o desenvolvimento das atividades econômicas — sendo segmentado por setores, região e divulgado a cada três meses e anualmente.

Na prática, o Produto Interno Bruto mensura somente o valor dos bens e serviços finais. Dessa forma, evita-se que o indicador seja maquiado pela inserção de dados duplicados devido à cadeia produtiva. Além disso, existem duas categorias de PIB. Saiba mais a seguir.

PIB Nominal

O indicador de PIB Nominal corresponde aquele valor que foi calculado considerando o preço corrente. Isso significa que o cálculo é feito com o preço do produto no momento da sua comercialização em um determinado período.

Nessa métrica, as flutuações do mercado que interferem no preço são consideradas promovendo variação: inflação e deflação.

 

PIB Real

A diferença entre o PIB Nominal e o Real é o que esse último considera preços constantes dos bens produzidos, desconsiderando, assim, o efeito inflacionário. No Real, é utilizado o intervalo de um ano-base para poder encontrar o valor do Produto Interno Bruto. Quando o ano-base é considerado, eliminam-se as interferências da inflação.

 

Cálculo do PIB

Para encontrar o valor do PIB, é preciso utilizar a fórmula PIB = C + I + G + (X – M), sendo que:

  • C — consumo das famílias em bens e serviços;
  • I — investimento privado, que representa o quanto as empresas estão investindo em produtos, equipamentos e serviços utilizados na expansão delas;
  • G — gasto do governo em bens e serviços;
  • (X-M) — exportações (X) – importações (M), ou seja, as exportações líquidas, resultado conhecido também como saldo da balança comercial.

A operação (X-M) corresponde ao cálculo utilizado para encontrar o valor da Balança Comercial. Você pode substituí-la por BC. É interessante destacar que quanto maior o volume das exportações, melhor é o saldo da balança comercial.

 

Quais comportamentos do mercado influenciam o PIB?

Existem comportamentos do mercado e decisões do governo que interferem diretamente na performance do PIB. É uma relação de simbiose em que o Estado influencia no mercado, sendo a recíproca verdadeira. Nos tópicos abaixo, confira mais detalhes sobre o que pode impactar no resultado do Produto Interno Bruto.

Selic

A Selic é a taxa de juros mais importante para o nosso mercado, pois ela é o termômetro que influencia as demais. Se a Selic está mais baixa, a tendência é que as pessoas consumam mais, uma vez que outras taxas do mercado também estão menores.

O inverso também acontece: quando ela sofre aumento, os juros são impulsionados e as pessoas tendem a consumir menos. A redução do consumo é um indicador de desaceleração, refletindo no PIB.

 

IPCA

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) é um indicador acompanhado mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística — o IBGE. Ele apresenta a variação de preço dos produtos no comércio, o que é de interesse dos consumidores. É a partir desse índice que conseguimos identificar os fenômenos de inflação e deflação.

Como o IPCA é um indicador da inflação, ele interfere nos resultados do PIB, pois tem relação direta com o consumo das famílias. Além disso, o ajuste desse índice também interfere na rentabilidade dos investimentos.

 

Balança Comercial

Um dos principais indicadores quanto à saúde econômica de um país é a Balança Comercial, que apresenta a relação entre as importações e as exportações, sendo que o seu saldo corresponde à diferença entre ambas. Quando as exportações ultrapassam as importações, temos um cenário conhecido como Balança Comercial favorável.

Isso significa que estamos com um mercado aquecido e com mais dinheiro estrangeiro sendo injetado na nossa economia. Como consequência, a nossa moeda é fortalecida. Outro desdobramento desse movimento é a valorização dos ativos negociados na Bolsa de Valores.

 

Como o indicador do PIB impacta nos investimentos?

Quando o PIB está em processo de queda (ou recessão) os investidores não enxergam o nosso mercado como uma opção segura. Esse movimento é registrado tanto quando falamos de investidores brasileiros quanto daqueles oriundos do exterior.

O nosso PIB cresce quando as empresas estão exportando mais e os consumidores internos adquirindo produtos no próprio país, ou seja, não estão importando. Isso aquece a economia e interfere positivamente no comportamento da Bolsa de Valores.

 

É possível predizer um movimento de queda do PIB?

O comportamento dos indicadores de IPCA, da Selic e da Balança Comercial são termômetros que mostram a tendência do fechamento do PIB. Cenários de crise mundial, como a pandemia de coronavírus, já sinalizam uma queda no crescimento econômico do país.

O aumento dos juros e o crescimento do indicador de importações são sinais de que o PIB tende a não apresentar um resultado interessante — sendo a retração uma tendência.

O Banco Central divulga semanalmente o Boletim Focus, que é um relatório feito por analistas do mercado com as previsões de comportamento desses indicadores. Ele mensura a previsibilidade da performance do PIB em até três anos subsequentes ao de vigência.

Para que você possa fazer investimentos mais seguros, é fundamental aliar conhecimento, buscar informação do mercado e poder contar com a orientação de um profissional especialista no assunto.

E agora que sabe a relação do PIB com os investimentos, você já pode tomar decisões mais certeiras e rentáveis. Comece a investir com apenas um clique em um banco digital feito sob medida para você: abra a sua conta no modalmais!