A solicitação de transferência de valores mobiliários (STVM) é um processo que possibilita alterar a corretora ou o banco de investimentos que faz a custódia de alguma de suas aplicações.

Isso dá a você, o direito de, a qualquer momento, escolher em qual instituição deseja manter suas aplicações, o que proporciona liberdade, segurança e oportunidade quanto à redução de custos para quem pretende investir.

Neste artigo, mostraremos como esse processo funciona e as suas principais características. Acompanhe!

 

O que é a solicitação de transferência de valores mobiliários (STVM)?

Um banco de investimentos, ou uma corretora, tem o papel de intermediar as operações que são realizadas com valores mobiliários, dando mais segurança, transparência e lisura às movimentações feitas por investidores.

Para garantir todas essas características, é fundamental que você tenha total liberdade para escolher a instituição que melhor se adapta às suas necessidades.

A guarda dos ativos de um investidor é denominada de custódia, e seu interesse em transferir essa responsabilidade pode ser motivado por uma série de questões.

Por exemplo, você pode solicitar a STVM devido ao alto valor das taxas de corretagem e do mínimo exigido para a compra de títulos de renda fixa e, até mesmo, ao atendimento de baixa qualidade.

Nesse sentido, a STVM é um formulário que viabiliza o processo de transferência de custódia de seus ativos de renda fixa ou variável para outra corretora ou banco de investimentos, evitando, assim, que você precise resgatar suas aplicações antes do prazo previsto e refazê-las na outra instituição.

 

Quais são os tipos de STVM?

Diferentemente do que algumas pessoas acreditam, a transferência de custódia por meio da STVM não é restrita a ativos de renda variável, como ações. Com ela também é possível executar o processo envolvendo títulos de renda fixa, como CDBs, Letras de Crédito Imobiliário e do Agronegócio, Tesouro Direto, entre outros.

Para esses casos é importante apenas verificar com a instituição que receberá os títulos, se há alguma condição especial para com o investimento, como por exemplo, que afete a liquidez.

 

O que observar antes de fazer a STVM?

Antes de fazer a STVM, é preciso observar alguns pontos, que descrevemos brevemente nos próximos tópicos.

Verifique os motivos da mudança

A transferência de investimentos para outras instituições sempre vem carregada de alguns motivos. Afinal, se não existisse nenhum incômodo quanto à corretora, não haveria a necessidade desse processo.

Portanto, antes de mudar, tenha em mente o real motivo da alteração. Isso é fundamental para garantir que você escolha a instituição mais adequada às suas necessidades.

Se você não souber os motivos que levam à alteração de uma corretora ou um banco de investimentos, corre o risco de fazer todo o procedimento e mudar suas aplicações para uma instituição que carrega os mesmos problemas.

Por exemplo, imagine que você deseja trocar de instituição devido a problemas no atendimento, mas não tem claro esse motivo em sua mente.

Então, você procura outra corretora que tem a mesma falha e, simplesmente, continua tendo as mesmas dificuldades que enfrentava anteriormente.

 

Identifique as suas necessidades

Corretoras e bancos de investimentos podem ter formas bem distintas de atuar. Logo, é fundamental que você identifique as suas necessidades para que seja possível comparar as alternativas disponíveis

Uma forma de fazer isso é ao conhecer bem seus objetivos e o seu perfil de investidor antes de procurar uma instituição para intermediar suas operações no mercado financeiro.

Assim, será mais fácil selecionar a corretora ou o banco de investimentos que atenderá a todas as suas expectativas e necessidades, que podem ser as mais variadas possíveis, tais como: melhor atendimento, taxas mais atrativas, margens de garantia menores, entre outras.

 

Compare as alternativas disponíveis

Por fim, você deve comparar as alternativas disponíveis no mercado. Atualmente, a quantidade de corretoras e de bancos de investimentos que trabalham com varejo cresceu muito no Brasil.

Isso quer dizer que você terá diversas opções para escolher. Mas é preciso ter muito cuidado, pois será essa instituição a responsável pela intermediação da custódia de seus investimentos.

Analise o quanto e como ela é conhecida no mercado e se possui uma plataforma de investimentos robusta e estável. Essas características trazem mais segurança na hora de investir e maiores chances de obter uma boa performance.

Além da qualidade dos serviços prestados, é importante considerar, também, as taxas cobradas e a facilidade no acesso à conta – se por meio de aplicativo ou site, por exemplo –, oferecidas pela instituição.

Por exemplo, no modalmais, você pode movimentar sua conta por meio de um aplicativo instalado no seu smartphone. Algumas corretoras dispõem dessa tecnologia, porém permitem apenas a consulta de seus investimentos, e não a movimentação dos ativos.

 

Como fazer a STVM?

Agora que você entendeu como funciona o processo de solicitação de transferência de valores mobiliários, mostraremos o passo a passo para fazer isso utilizando o exemplo do processo seguido pelo modalmais.

Primeiro, você abre uma conta no banco digital dos investidores. Em seguida, faz login no site e clica em seu nome no canto superior da tela. Serão mostradas as opções, e você deve selecionar “transferência de custódia”. Anote o seu código de cliente e o do Modal DTVM.

Feito isso, será necessário entrar em contato com a instituição onde os ativos estão alocados. A maioria delas requer que, após o preenchimento, o formulário seja assinado, tenha firma reconhecida e encaminhado para a instituição que mantém sua custódia até então.

Geralmente, a transferência é feita no dia útil seguinte ao recebimento da solicitação, e sem custos por parte, tanto da corretora que realizará a transação, quanto por parte da que receberá a custódia.

Por fim, podemos concluir que STVM é um processo que garante ao investidor liberdade para escolher em quais corretoras ou bancos de investimentos manterá seu capital, possibilitando total direito de escolha das melhores taxas e de atendimento.

Portanto, se você quer contar com uma plataforma de investimentos completa, abra a sua conta no modalmais e descubra todos os diferenciais que o banco digital dos investidores pode proporcionar.