Preço médio é a operação estruturada que adiciona lotes a uma posição já firmada. Pode ser preço médio a favor ou contra, dependendo do preço no ato em comparação ao preço negociado na compra ou venda do ativo.

É uma estratégia que pode render bons resultados, mas não salva uma operação perdida. Por isso, é altamente arriscada e exige um perfil analítico do investidor, que não pode se deixar levar pela emoção.

 

Leia também: Guia da Análise Técnica 2020: saiba como operar.

 

Quer entender melhor o que é o preço médio e como não perder dinheiro com esse tipo de operação? Continue conosco.

 

Neste artigo, vamos esclarecer:

  • O que é preço médio de ações
  • O preço médio é uma boa estratégia?
  • Como funciona o preço médio?
  • Quando usar o preço médio
  • Como calcular o preço médio
  • Riscos de estruturar uma operação no preço médio
  • Como operar preço médio

 

Boa leitura!

 

O que é preço médio de ações

O preço médio é calculado sobre todos os lotes de ações comprados a preços variados em um determinado período de tempo.

 

O preço médio é, como o nome sugere, a média de valor entre preços de compras diferentes. Digamos que você comprou um lote de 100 ações no valor de R$ 10,00 cada. Mais tarde, você compra um novo lote de 100 papéis a R$ 12,00.

O preço médio, no exemplo, será de R$ 11,00. Considerando que o preço de mercado, no momento, é R$ 12,00, você tem um lucro de R$ 1 nas ações.

O que acontece é que, muitas vezes, o investidor usa uma estratégia de comprar novos lotes de ações no intuito de reduzir o preço médio, mas isso nem sempre funciona.

O preço médio não salva uma operação perdida. Por isso, é fundamental que você, como trader, tenha um olhar técnico e frio sobre os dados que se apresentam em tela, sendo capaz de analisar corretamente os gráficos e os candlesticks .

O preço médio pode ser categorizado como a favor ou contra, dependendo da sua posição e preços negociados. Vamos entender:

 

Preço médio a favor

O preço médio a favor é quando o preço da ação está acima do preço de entrada na compra, ou abaixo do preço de entrada, no momento na venda.

 

Preço médio contra

O preço médio contra funciona, obviamente, da forma oposta: é quando o preço da ação está abaixo do preço de entrada na compra, ou acima do preço de entrada na venda.

 

O preço médio é uma boa estratégia?

O preço médio deve ser utilizado com base em análise técnica e cautela.

 

Sim e não. O preço médio pode, de fato, contribuir para os ganhos do trader se for executado em uma operação estruturada, clara e objetiva.

Ou seja: o investidor não pode tentar aplicar o preço médio com base em emoções ou tentando reverter o prejuízo a todo o custo.

Se você não é experiente em operações de trade, ou não conhece os princípios da análise técnica, recomendamos que você pare agora a leitura e comece por aqui:

Como funciona o preço médio?

Usar o preço médio como estratégia de operação significa adicionar mais lotes de ações na tentativa de reduzir a média.

Por exemplo: se você comprou um lote de 100 ações a R$ 10,00 e, depois de uns minutos, elas caem para R$ 9,00, você compra um novo lote neste valor. Seu preço médio, assim, fica R$ 9,50. Acima do preço da ação, mas menor do que o seu preço médio inicial.

No entanto, se as ações continuam a cair, você estará com o dobro de volume desses papéis, aumentando o seu prejuízo.

Por outro lado, se elas retomam o preço de R$ 10, ou sobem, e você encerrar a posição neste momento, você pode sair com lucro.

Arriscado, né?

 

Quando usar o preço médio

O preço médio pode ser utilizado de forma positiva em uma operação estruturada.

 

O preço médio é utilizado, erroneamente, para tentar recuperar um stop perdido. Isso significa que você deixou de stopar a operação quando ela começou a cair, então tenta correr atrás do prejuízo.

Sabe aquele jogador de poker que, quando começa a perder, investe cada vez mais (até o que não tem) para tentar recuperar alguma coisa? Então…

No entanto, existem formas de utilizar o preço médio para estruturar uma operação inteligente. Importante, aqui, é ter foco no objetivo, controle de risco e uma visão criteriosa do cenário que se apresenta.

Assim, você pode utilizar o preço médio para evitar um stop, desde que respeite o stop definido antes de entrar na operação ou, ainda, que a compra do novo lote tenha algum objetivo.  

Controle emocional, assim como no poker, é fundamental.

Como calcular o preço médio

O preço médio, além de ser uma estratégia utilizada pelos traders, é uma informação relevante para o investidor, especialmente na hora de declarar seus rendimentos no Imposto de Renda.

Portanto, independentemente de você utilizar os mecanismos citados neste artigo para buscar uma reversão da sua carteira, você deve saber calcular o preço médio de seus ativos.

 

Entenda:

Preço Médio= [(Q1. P1)+(Q2. P2)+ (Qn.Pn)] / TA

 

Onde:

Q = Quantidade de ações compradas

P = Preço de compra das ações

TA = Total de ações em carteira

 

Vamos trazer um exemplo simplificado para esclarecer a fórmula de cálculo. Trabalharemos com o seguinte cenário:

 

  • Compra de 100 ações no valor de R$ 10,00 cada;
  • Compra de 20 ações no valor de R$ 15,00 cada;
  • Compra de 150 ações no valor de R$ 8,00 cada;
  • Compra de 50 ações no valor de R$ 20,00 cada;
  • Compra de 80 ações no valor de R$ 18,00 cada.

 

Assim, temos:

 

Preço médio = [(100×10) + (20×15) + (150×8) + (50×20) + (80×18)] / 400

Preço médio = [1.000 + 300 + 1.200 + 1.000 + 1.440] / 400

Preço médio = 4.940 / 400

Preço médio = R$ 12,35

 

Se, na data de hoje, o preço de venda ação estiver R$ 17,00, por exemplo, você teve uma valorização da carteira, já que o seu preço médio é inferior ao preço atual.

Agora, se o preço caiu novamente para R$ 8,00, por exemplo, você está no prejuízo.

 

Riscos de estruturar uma operação no preço médio

O preço médio deve ser utilizado apenas quando oportunidades são identificadas.

 

Já reforçamos várias vezes que usar o preço médio como estratégia no trade é muito arriscado. Especialmente se for feito sem objetivos, apenas a fim de recuperar um stop perdido.

Tenha em mente que:

  • Toda ação pode cair mais do que já caiu. Não é porque ela está em R$ 0,01 que não pode cair mais. Então, cuidado;
  • A cada nova compra de lote, sua carteira aumenta. Se estiver em uma operação perdedora, você só está aumentando o seu prejuízo;
  • Operações sem objetivos claros têm menor chance de recuperação;
  • Se você não definir seu stop loss antes de começar a operação, poderá se deixar levar pela emoção e perder ainda mais dinheiro.

Como operar preço médio

Se você já opera com day trade ou swing trade e domina questões de análise, você pode aproveitar o preço médio para, de fato, melhorar seus resultados.

Isso acontece porque, se você fizer uma operação a favor da sua posição – ou seja, aumentar o lote mesmo com aumento do preço médio –, com o aumento da mão o ganho por ponto será multiplicado.

É importante, porém, que você mantenha um stop loss definido, atualizando-o de acordo com as decisões tomadas, de forma a evitar um prejuízo financeiro superior ao determinado pela sua gestão de risco.

Para operar contra a posição, ou seja, a sua ação está em queda, você deve avaliar se existem oportunidades reais com essa operação.

Se for uma ação de uma empresa sólida, e a queda puder ser explicada por alguma questão muito pontual, é bastante provável que ela volte a subir e você possa recuperar ou zerar algum prejuízo.

Caso você opere day trade, saiba que a tendência é usar o preço médio baseado no emocional, já que as decisões e as movimentações são muito rápidas. Assim, são grandes as chances de você encerrar o dia com um prejuízo além do esperado.

Agora, para quem opera buy and hold, a partir do viés da análise fundamentalista, o preço médio é uma estratégia que pode ser bastante positiva.

Nesse caso, a operação oferece mais tempo para análise histórica e contexto de mercado, permitindo uma melhor identificação da oportunidade.

Conheça o modalmais

O modalmais, banco digital dos investidores, oferece produtos com corretagem zero, como minicontratos e Tesouro Direto. Além disso, tem corretagem a partir de R$ 0,99 para ações, ETFs e opções, e margens reduzidas para mini dólar e mini índice.

Com um home broker possível de ser acessado tanto pelo computador quanto por dispositivos móveis, você pode acompanhar as movimentações de seus papéis a qualquer momento.

Além das ferramentas auxiliares para apoio às decisões do trader, o investidor ainda conta com o auxílio de um assessor de investimentos. O gerente de conta qualificado entende suas reais necessidades e ajuda a encontrar a melhor solução para seu perfil e objetivo financeiro.

Abra sua conta agora mesmo! É gratuito.

Conclusão

O preço médio como estratégia no trade deve ser utilizado somente por investidores experientes.

 

Preço médio é a média de preços entre todos os lotes de ações comprados, quando as negociações acontecem em momentos diferentes.

Fundamental para a declaração do Imposto de Renda, é também uma estratégia para o trader buscar ampliar os seus ganhos ou reduzir seus prejuízos.

No entanto, apresenta altos riscos, especialmente quando a operação é realizada sem um objetivo claro ou sem um gerenciamento de risco.

Por isso, é recomendada somente para investidores altamente experientes, que sabem ler as tendências do mercado e tomar decisões baseadas em oportunidades, não emoções.

 

Continue sua leitura acessando os artigos que recomendamos para você:

 

Obrigado por ler até aqui!